Notícia

Universia Brasil

Projeto de química quântica relativística na UNESP de Bauru

Publicado em 05 outubro 2007

Há, recentemente, na UNESP (Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho) de Bauru, o projeto interdisciplinar de Jovem Pesquisador - JP - "Química Quântica Relativística Aplicada", liderado pelo professor Luiz Guilherme Macedo em colaboração com os docentes Aguinaldo de Souza, professor de Departamento de Física, e Júlio Sambrano, decente do Departamento de Matemática, responsáveis pelo Laboratório de Simulação Molecular (LSM).

A importância do projeto é justificada uma vez que os efeitos relativísticos são importantes para uma correta simulação computacional de elementos a partir do quarto período, além do LSM ser o único grupo no país a utilizar o estado da arte das metodologias existentes, resolvendo a equação de Dirac sem aproximações, em problemas de interesse químico. Destaca-se que tal projeto prevê em ciência básica o estudo de novas moléculas ainda não sintetizadas e em ciência aplicada moléculas com potencial de aplicabilidade tecnológica.

Para sua realização, o projeto obteve da Fapesp um cluster de computadores com 20 nós duais, o que torna o LSM um dos grupos de química computacional mais bem equipados do país e prevê colaborações com grupos do Estado de São Paulo e do exterior - Finlândia e EUA.

Atualmente, o grupo conta com duas alunas de Iniciação Científica, três alunos de Mestrado e Doutorado e em breve contará com pós docs. "O prazer de fazer ciência vem da curiosidade em compreender a natureza", diz o professor Luiz Guilherme, ao enfatizar que ainda estão à procura de bons alunos de graduação, nas áreas de física, matemática, computação e química, para requisitar à Fapesp bolsas de iniciação científica. "Alunos que sejam antes de tudo muito curiosos, poderão encontrar ótima oportunidade na carreira científica", observa ele.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone do Departamento de Química (14) 3103- 6088, ou (14) 3103-6099.

Fonte: UNESP