Notícia

Universia Brasil

Projeto de Iniciação Científica da UNESP/Dracena estuda nutrição de ovinos

Publicado em 05 dezembro 2007

O projeto de Iniciação Cientifica da estudante de Zootecnia da Unesp de Dracena, Fernanda Lopes, tem como objetivo determinar o consumo, digestibilidade e desempenho de ovinos recebendo dietas a base de cana de açúcar hidrolisada. As atividades iniciaram em maio de 2007 e têm previsão de término para maio de 2008.

A Equipe Técnica do projeto é formada pelo Orientador Acyr Wanderley de Paula Freitas, a Co-orientadora Professora Fernanda Cipriano, a aluna bolsista Fernanda Lopes e as alunas colaboradoras Juliana Lopes e Flávia Garcia. Segundo a equipe, dentre as alternativas para minimizar a nutrição animal inadequada, a cana-de-açúcar destaca-se entre as gramíneas tropicais utilizadas como forragem. Embora um número cada vez maior de produtores esteja adotando o tratamento da cana-de-açúcar com a cal microprocessada, na forma de Ca(OH)2, inexistem dados na literatura a respeito da melhor forma de aplicação, da dose a ser utilizada e o tempo de reação necessário para um efeito significativo e, principalmente, sobre a qualidade nutritiva da cana-de-açúcar submetida a esses tratamentos.

Os tratamentos serão constituídos do controle (cana não tratada) cana-de-açúcar hidrolisada com duas doses de hidróxido de cálcio como fontes volumosas, constituindo 70% das dietas. Serão utilizados 18 ovinos com aproximadamente 20 kg de peso vivo, distribuídos em delineamento em blocos casualizados com 6 repetições, usando-se o peso dos animais como critério para distribuição dos mesmos nos blocos. Os resultados serão submetidos à análise de variância, fazendo-se a comparação das médias, pelo teste de Student-Newman-Keuls (SNK).

O experimento vem sendo conduzido no Pólo Regional de Desenvolvimento Tecnológico dos Agronegócios da Alta Paulista, sediado em Adamantina e conta com o apoio da FAPESP - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo.

Fonte: Unesp