Notícia

IDG Now!

Projeto de fibra óptica integra laboratórios

Publicado em 13 abril 2005

O instituto de Física Gleb Wataghin (IFGW) da Universidade de Campinas (Unicamp), coloca em operação nesta quinta-feira (14/04), as fibras ópticas que vão interligar laboratórios de excelência de Campinas e São Paulo dentro da primeira fase do projeto KyaTera - Plataforma Óptica de Pesquisa para o Desenvolvimento da Internet Avançada.
O KyaTera é o primeiro laboratório geograficamente distribuído do mundo voltado às pesquisas em telecomunicações e aplicações avançadas de internet. Os primeiros experimentos serão realizados à taxa de 320 gigabits por segundo, mas a sua capacidade é ilimitada.
A próxima etapa, ainda dentro da primeira fase, será a interligação com São Carlos, que será seguida pela integração com Rio Claro, Santos, Bauru, Ribeirão Preto e São José dos Campos.
Financiado pela Fapesp, o KyaTera é um projeto criado pelo IFGW. O laboratório vai priorizar pesquisas na área de comunicações e tecnologia da informação.
Até agora, cerca de 400 mil reais foram investidos na instalação. A expectativa de um orçamento anual é de cinco milhões de reais.