Notícia

Jornal da Unesp online

Projeto de Araraquara oferece bolsa de pós-doutorado em química analítica

Publicado em 05 janeiro 2011

Pesquisadores interessados devem enviar documentos até o dia 20 de janeiro

O projeto temático "Avaliação da Ocorrência, Toxicidade/Genotoxidade e Processos Para Degradação de Corantes em Efluentes e Águas Superficiais" tem uma vaga para pós-doutorado no Departamento de Química Analítica, do Instituto de Química, câmpus de Araraquara. O valor da bolsa da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) é de R$ 5.028,90 mensais.

O projeto tem por objetivo obter diagnósticos sobre os níveis de contaminação de efluentes indústrias e águas superficiais recebendo rejeitos de corantes provenientes da indústria têxtil, alimentício, curtumes e tintura de cabelo; avaliar a potencialidade tóxica e/ou mutagênica envolvendo alguns corantes e seus derivados, visando obter subsídios para entender seus processos de transporte, bioacumulação, persistência e biotransformação no ambiente ou no metabolismo humano; e desenvolver novos métodos de tratamento destes efluentes.

Dentro desse contexto, o candidato deverá ter experiência em análise por espectrometria de massas, com treinamento específico para monitorar análises de traços de corantes em Detector de Espectrometria de Massas de ultra-alta performance Híbrido triploquadrupolo - Ion Trap Linear MS-MS.

Interessados devem apresentar, até o dia 20 de janeiro, currículo Lattes atualizado, uma carta de apresentação e um breve relato de sua experiência e seu objetivo de carreira no assunto, além de duas cartas de apresentação/recomendação.

Os documentos devem ser enviados em formato PDF para a coordenadora do projeto, professora Maria Valnice Boldrin Zanoni, do Departamento de Química Analítica da Unesp. O e-mail da professora é boldrinv@iq.unesp.br .

Sobre a Unesp

A Universidade Estadual Paulista está presente em 23 cidades do Estado de São Paulo com 32 faculdades e institutos, onde desenvolve atividades de ensino, pesquisa e extensão em todas as áreas do conhecimento. Fundada em 1976, a instituição oferece 168 cursos de graduação e 115 programas de pós-graduação. Tem 50.316 alunos (35.026 na graduação, 15.290 mil na pós - lato e sctricto sensu), 3.425 mil professores e 6.880 mil servidores técnico-administrativos. Possui cerca de 1.900 laboratórios e um Hospital de Clínicas.

Oferece cursos pré-vestibulares gratuitos em suas unidades, bem como diversos programas de extensão de serviços à comunidade. Três escolas de ensino técnico são mantidas pela Universidade: o Colégio Técnico Industrial em Bauru, o Colégio Técnico Industrial em Guaratinguetá e o Colégio Técnico Agrícola em Jaboticabal. Clique aqui para conhecer outros dados sobre a instituição.

Assessoria de Comunicação e Imprensa