Notícia

EPTV

Projeto da Unesp leva notebooks para as salas de aula da EEBA

Publicado em 02 fevereiro 2013

Um projeto desenvolvido pelo Departamento de Didática da Faculdade de Ciências e Letras (FCL) da Unesp de Araraquara porá à disposição 35 notebooks a uma turma do ensino médio da Escola Estadual "Bento de Abreu" (EEBA).

O objetivo do estudo, coordenado pelo professor Silvio Henrique Fiscarelli em parceria com a Fundação de Amparo à Pesquisa de São Paulo (Fapesp), é demonstrar que o uso das novas tecnologias no processo de ensino pode contribuir significativamente para melhorar a qualidade da aprendizagem.

Durante dois anos, uma equipe de educadores e bolsistas do núcleo de ensino da Unesp promoveu atividades utilizando softwares na EEBA. As pesquisas demonstraram que nos conteúdos desenvolvidos com esta tecnologia, os alunos alcançaram, em média, resultado 32% superior em relação aos conteúdos trabalhados de maneira tradicional.

"Constatamos que os alunos que obtinham nota máxima 5 melhoraram 51% seu desempenho, enquanto aqueles com nota superior a 5 obtiveram um ganho menor, com somente 13%. Ou seja, estudantes que têm maior dificuldade de aprendizagem são os mais beneficiados pelo uso dos softwares", explica Fiscarelli.

Segundo o coordenador do projeto, os estudantes não terão de ir ao laboratório de informática para utilizá-los em cinco disciplinas. "Os computadores ficarão com os alunos nas salas de aula", explica o professor.

Apelo visual

Fiscarelli argumenta que os alunos apresentam progresso na aprendizagem porque os softwares oferecem forte apelo visual. "Esse material é interativo, tem uma parte lúdica e envolve os estudantes durante as atividades", ressalta Fiscarelli, que diz que seis programas foram criados pela sua equipe de pesquisadores.

Professores passarão por capacitações

Segundo Fiscarelli, os sete professores que atuarão nas cinco disciplinas que serão ministradas com o auxílio dos computadores passarão por seis capacitações.

"Também contamos com alunos bolsistas da Unesp, que continuarão a dar respaldo técnico aos docentes da EEBA durante as aulas", lembra o coordenador.