Notícia

São Carlos em Rede

Projeto da UFSCar é finalista em Prêmio promovido pelo Ministério da Saúde

Publicado em 26 maio 2012

Por Redação

O Projeto “Mapeamento e catalogação de práticas populares de saúde”, realizado por professores dos departamentos de Metodologia de Ensino (DME), de Morfologia e Patologia (DMP), de Medicina (DMed) e uma aluna de iniciação científica do DME da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), recebeu três premiações no Prêmio Victor Valla de Educação Popular e Saúde, realizado pela Secretaria de Gestão Estratégica e Participativa do Ministério da Saúde.


O resultado foi divulgado no começo deste mês de maio e pode ser conferido no endereço eletrônicowww2.ufscar.br/documentos/11134_resultadofinal_victorvalla.pdf. Os prêmios recebidos foram: 1º lugar em Produção Audiovisual com o Vídeo “Projeto de mapeamento de práticas de educação popular e saúde”, 8º e 9º lugares em Pesquisas e Sistematizações com os estudos “Morar e trabalhar na mesma comunidade: a visão do praticante de ações populares de saúde”, de autoria de Hananiah Tardivo Quintana, pesquisadora de iniciação científica do DME, e a sistematização “Mapeamento de experiências de Educação Popular e Saúde de São Carlos”. 

Os três trabalhos foram coordenados pelos professores Maria Waldenez de Oliveira (DME), Aida Victoria Garcia-Montrone (DME), Aline Guerra Aquilante, do DMed, e Fabio Gonçalves Pinto, do DMP. "É com imensa satisfação que recebemos estes prêmios que trazem o reconhecimento do trabalho realizado há seis anos. Isso mostra a contribuição mútua entre o conhecimento popular e o realizado na Universidade na área de saúde", comemora a docente Maria Waldenez.
Foram 161 experiências inscritas, sendo 23 textos artísticos; 37 produções audiovisuais e musicais; 53 narrativas e relatos; e 48 pesquisas e sistematizações; com 10 premiações em cada uma dessas quatro categorias.

O projeto “Mapeamento e catalogação de práticas populares de saúde” vem sendo desenvolvido desde 2006 com o objetivo de promover o diálogo entre as práticas de saúde populares e as do serviço de saúde. A pesquisa teve financiamento da Pró-Reitoria de Extensão (ProEx) da UFSCar, desde 2006. Nos anos de 2010 e 2011 foi realizada em parceria com a Incubadora de Cooperativas da UFSCar, recebendo financiamento também do Programa de Extensão Universitária do Ministério da Educação, do Programa Nacional de Incubadoras de Cooperativas (PRONINC) do Ministério do Trabalho e Emprego, da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep).


O Prêmio Victor Valla de Educação Popular e Saúde tem por finalidade apoiar e contribuir para o fortalecimento dos grupos, coletivos, movimentos populares e acadêmicos, assim como dos serviços de saúde que buscam mapear, conhecer e compartilhar saberes com as Práticas Populares de Cuidado à Saúde presentes nas comunidades de todo o país. O comprometimento das instituições de ensino, como a UFSCar, e sua articulação com os movimentos sociais e com os serviços de saúde demonstram que a Educação Popular é também um referencial capaz de promover mudanças na formação dos profissionais de saúde, fortalecendo processos de ensino, pesquisa e extensão aliados à implementação do Sistema Único de Saúde (SUS) e ao fortalecimento da participação social.


Pelo primeiro lugar no Prêmio, o grupo de professores autores do projeto receberá R$ 6 mil. Também terão seu projeto impresso na 2ª edição do Caderno de Educação Popular em Saúde e no DVD educativo que serão desenvolvidos pelo Ministério da Saúde. "Com este prêmio, pretendemos realizar em 2013 um evento sobre práticas populares, oficinas e material de divulgação destas ações que buscarão concretizar ainda mais os objetivos já difundidos pelo trabalho", finaliza Maria Waldenez.
A premiação ocorrerá em agosto no Seminário Nacional de Educação Popular e Saúde, a ser realizado em Brasília. Outras informações sobre o Prêmio podem ser obtidas no site do Ministério da Saúde, http://portalsaude.saude.gov.br/portalsaude.