Notícia

Jornal do Comércio (RS)

Projeto busca aprimorar reprodução assistida em bovinos

Publicado em 31 março 2017

Descobrir as funções das vesículas extracelulares nos processos reprodutivos para minimizar efeitos negativos futuros da produção in vitro de embriões bovinos, como predisposição a problemas cardíacos, reprodutivos ou desenvolvimento de tumores na vida adulta, é o objetivo de uma pesquisa da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (Fzea) da USP, em Pirassununga.

De acordo com Silveira [Juliano da Silveira], a melhor compreensão da função das vesículas na produção de gametas e embriões poderá auxiliar no desenvolvimento de novas estratégias para a produção in vitro em bovinos e humanos. “A expressão de um gene ocorre quando é estimulado a produzir mRNA e, consequentemente, proteínas. Já o perfil epigenético são marcas no DNA que podem regular a expressão de um gene e assim afetar o produto dos mesmos, ou seja, os níveis de mRNAs”, explica.

O estudo é financiado pela Fapesp, na modalidade Jovem Pesquisador. O projeto de pesquisa será desenvolvido em parceria com a University of Leeds, dentro do programa Fapesp-Confap-UK Academies. “A meta é estabelecer uma colaboração entre as duas universidades para o desenvolvimento de pesquisas conjuntas no futuro”, conta o professor.

“Os experimentos irão investigar o papel das vesículas extracelulares neste processo de alta importância para bovinos e humanos”, acrescenta Silveira. “Esta parceria possibilitará que no futuro alunos possam ir para a University of Leeds, assim como a possibilidade de atrair alunos de Leeds para a USP.”

(Jornal da USP)