Notícia

Pauta Social

Programas sociais da Microsoft focam em educação no Brasil

Publicado em 20 abril 2010

A Microsoft Brasil divulga os resultados de seus projetos sociais no País, no último ano, em seu relatório de Responsabilidade Social Corporativa 2009. Com os objetivos de gerar oportunidades de emprego e apoiar o desenvolvimento nacional, a Microsoft contribui para suprir a demanda por profissionais qualificados para o setor de Tecnologia da Informação (TI) no Brasil. Segundo a Brasscom, Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação, há 100 mil vagas no mercado de TI não-preenchidas no mercado nacional e a estimativa é a de que faltarão até 200 mil profissionais em 2013.

As iniciativas sociais da companhia, nas três dimensões de sustentabilidade: econômica, social e ambiental, representam uma contribuição para a melhoria da qualidade do ensino público, o fomento ao desenvolvimento da inovação local e à inclusão digital, ressalta Priscilla Cortezze, Gerente Geral de Imagem Corporativa e Cidadania da Microsoft Brasil. Em 2009, o investimento realizado pela Microsoft Brasil nestes projetos no País foi de R$ 11,2 milhões.

Os treinamentos realizados pela companhia contemplaram 31 mil alunos e 59,1 mil educadores de escolas públicas, e capacitaram 1,5 milhão de jovens e adultos para o mercado de trabalho. No mesmo ano, mais de 32 mil estudantes e profissionais brasileiros receberam treinamentos nos 25 Centros de Inovação montados pela Microsoft no País, em parceria com universidades e empresas, e em instituições de ensino parceiras.

O intuito destes Centros de Inovação é incentivar o uso de tecnologia de ponta, mas com foco específico no desenvolvimento da indústria de software local, ajudando clientes e parceiros a planejar, pesquisar e desenvolver novos produtos de software e serviços.

A Microsoft também procura investir em estudos que levam a importantes descobertas nas áreas de saúde, agronomia e sustentabilidade, entre outras. Desde 2007, por exemplo, a Microsoft e a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) investiram R$ 3,5 milhões em onze projetos científicos. Quatro dessas pesquisas foram iniciadas em 2009 e receberam o aporte de R$ 1 milhão.

Todas as iniciativas da companhia em Responsabilidade Social Corporativa no Brasil estão publicadas nos relatórios anuais publicados no site abaixo: http://www.microsoft.com/unlimitedpotential/pt-br/apresentacao.mspx.

Fundada em 1989, a Microsoft Brasil gera localmente oportunidades diretas na área de tecnologia para mais de 18 mil empresas e 495 mil profissionais. Nos últimos sete anos, a empresa investiu mais de R$ 114 milhões em projetos sociais, levando tecnologia a escolas, universidades, ONGs e comunidades carentes. É uma das 107 subsidiárias da Microsoft Corporation, fundada em 1975, empresa líder mundial no fornecimento de software, serviços e soluções em tecnologia da informação. Com um modelo baseado em inovação, a Microsoft investe no desenvolvimento e integração de tecnologias que capacitam pessoas e empresas a atingirem seu potencial pleno.