Notícia

MCTIC - Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações

Programa SMOLBnet2.0 é lançado em workshop em Campinas (SP)

Publicado em 23 junho 2010

A pesquisa nas áreas biológica, médica e agronômica assumiram características multidisciplinares. Para promover o desenvolvimento e compreensão de relações de estrutura e função fundamentais a processos biológicos e garantir a competitividade da ciência brasileira na área de biotecnologia, é preciso fomentar a integração entre pesquisadores das áreas de biologia molecular, bioquímica e biologia estrutural.

Esse é o objetivo da Rede de Biologia Estrutural em Tópicos Avançados de Ciências da Vida, constituída para promover parcerias entre grupos de pesquisa que tenham a expertise em resolução de estrutura de macromoléculas por cristalografia com Raio X ou RMN (Grupo de Biologia Estrutural) e grupos de pesquisa de área molecular que desenvolvem projetos competitivos de alto impacto em sistemas biológicos complexos (Grupo de Biologia Molecular).

A constituição e consolidação da Rede foi objeto de uma Chamada de Pesquisas da Fundação de Apoio à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) no âmbito do Programa SMOLBnet2.0 que será oficialmente lançado no workshop que se realiza na segunda-feira (28), em Campinas. O workshop é promovido pelo Laboratório Nacional de Biociências (LNBio), do Centro Nacional de Pesquisa em Energia e Materiais (CNPEM/MCT), em parceria com a FAPESP.