Notícia

Galileu

Programa semanal do canal Futura traz grandes temas da ciência para o público jovem

Publicado em 01 novembro 2002

O que há de comum entre o rapper Gabriel, o Pensador, autor de músicas como 'Lôra burra', e o lingüista e poeta Carlos Vogt, ex-reitor da Unicamp e presidente da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo)? A resposta está no programa 'Ponto de Ebulição', que estréia em novembro no canal de TV a cabo Futura e tem como tema a produção científica nacional. Para divulgar ao público jovem os trabalhos dos principais centros de pesquisa, mostrando como a ciência interfere no cotidiano das pessoas, a emissora escolheu um formato bastante dinâmico, que mistura reportagens e entrevistas. É justamente para complementar esse clima de bate-papo descontraído, que as matérias serão apresentadas pelo cantor. 'O programa é muito empolgante, tanto para quem já tem curiosidade sobre o assunto, como para aqueles que não se interessam por ciência, pois traz a informação em uma linguagem simples, sem ser chato', diz Gabriel. Com duração de 30 minutos, 'Ponto de Ebulição' irá trazer semanalmente diversos temas científicos, aproveitando sempre um estudo ou especialista brasileiro que trate sobre o assunto. A pesquisa dos temas será realizada pelo Labjor (Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo), da Unicamp. 'Vamos mostrar o que está sendo feito no país e por quem, situando o Brasil no ranking mundial da produção científica', explica Cristina Carvalho, coordenadora do Núcleo de Criação do canal Futura. Ao final de cada programa, o presidente da Fapesp - uma das entidades que patrocina a iniciativa - entrevista um especialista. 'A idéia é aprofundar e discutir aspectos polêmicos sobre o assunto', esclarece Vogt, que também compôs a letra da música de abertura da série. TUDO SOBRE CLONAGEM Fernanda Colavitti O tema do primeiro programa, que vai ao ar no dia 7, às 23h, será clonagem. Além de explicar como é realizada a técnica e onde surgiu, as reportagens irão discutir a diferença entre clonagem terapêutica e reprodutiva. Também serão tratados outros aspectos relacionados ao assunto, como o andamento das pesquisas com células-tronco - que dão origem aos diferentes tecidos do organismo - para o tratamento de doenças degenerativas. Uma das estrelas da estréia de Ponto de Ebulição' será o bezerro Marcolino, primeiro animal clonado no Brasil, em abril (leia texto na página seguinte). Para finalizar, o pesquisador Rodolfo Rumpf , da Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia, será o entrevistado de Vogt, para falar sobre clonagem, política e pesquisas na agroindústria. VACA NÃO PULOU A CERCA Programa esclarece confusão sobre o bezerro clonado Marcolino O que deveria ser um dos mais importantes marcos da produção científica brasileira acabou virando motivo de chacota: o nascimento de um bezerro macho, batizado de Marcolino, no lugar do que estava programado para ser a cópia de uma vaca adulta. Ao contrário do que chegou a ser cogitado pela maioria da imprensa, a vaca que gerou o animal não tinha 'pulado a cerca', e o filhote era realmente o clone de um feto do sexo masculino feito a partir de células musculares. O problema foi uma troca de amostras no laboratório. Em seu programa de estréia, 'Ponto de Ebulição' irá esclarecer o episódio, com a ajuda do professor José Antônio Visintin, da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia da Universidade de São Paulo, que coordenou o experimento.