Notícia

IG

Programa Nacional de Fomento à Produção Pública e Inovação no Complexo Industrial da Saúde é pré-lançado em Brasília

Publicado em 23 outubro 2007

Agência Fapesp

O Ministério da Saúde anunciou ontem (22/10), diante de um público formado majoritariamente por representantes de laboratórios públicos e privados, um documento inicial, ainda aberto a sugestões, que define a política nacional de fomento à inovação na área de saúde. A prioridade será a produção pelos laboratórios públicos.

O termo de referência para o Programa Nacional de Fomento à Produção Pública e Inovação no Complexo Industrial da Saúde foi anunciado durante o pré-evento Pesquisa para Saúde — Desenvolvimento e Inovação para o Sistema Único de Saúde (SUS), cuja programação principal foi lançada à noite pelos ministros José Gomes Temporão, da Saúde, e Sergio Rezende, da Ciência e Tecnologia.

O programa deverá se tornar portaria até o fim de novembro, segundo Adriana Diaféria, diretora de Economia da Saúde da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos. "Não faltarão recursos", disse, em consonância com uma percepção idêntica de alguns debatedores: a de que o problema não será a falta de verbas.