Notícia

Jornal Brasil

Programa Integrado de Doutorado em Bioenergia abre inscrições

Publicado em 06 setembro 2013

Por Agência FAPESP

O Programa Integrado de Doutorado em Bioenergia abriu as inscrições para o processo seletivo para ingresso nos cursos de doutorado e doutorado direto no primeiro semestre de 2014. As inscrições devem ser feitas pela internet até o dia 15 de outubro.

O programa é desenvolvido pela Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e Universidade Estadual Paulista (Unesp) e conta com cinco linhas de pesquisas, as mesmas do Programa FAPESP de Pesquisa em Bioenergia (BIOEN): biomassa, tecnologia, motores, biorrefinaria e sustentabilidade.

Por se tratar de programa interinstitucional, o candidato deverá indicar no formulário de inscrição a universidade de origem de seu orientador (USP, Unicamp ou Unesp).

A inscrição deve ser realizada, exclusivamente, pelo e-mail inscricao.bioen@usp.br, com o envio do formulário de inscrição preenchido e a documentação solicitada em formato pdf.

O Programa Integrado de Doutorado em Bioenergia contará com professores da USP, da Unicamp, da Unesp e de instituições de ensino superior e de pesquisa de outros países. Terá boa parte de suas aulas em inglês e usará um sistema de videoconferência para a integração de alunos e professores situados em diferentes cidades.

"Estamos organizando um programa de excelência em bioenergia, no qual os alunos terão oportunidade de estudar com os melhores especialistas nos diferentes aspectos do setor e poderão se conectar com os principais centros de pesquisa na área no mundo", disse o professor Carlos Alberto Labate, da Universidade de São Paulo (USP), coordenador-geral do programa.

O doutorado conjunto em bioenergia é um desdobramento de outra iniciativa, o Centro Paulista de Pesquisa em Bioenergia (CPPB), instituído em 2010, por meio de um convênio entre o Governo do Estado de São Paulo, FAPESP, USP, Unicamp e Unesp.

Criado como um desdobramento do Programa FAPESP de Pesquisa em Bioenergia (BIOEN), o CPPB aumenta a base científica de pesquisa em energia obtida a partir de biomassa. Enquanto as universidades contratam pesquisadores em diversas vertentes da bioenergia, a FAPESP selecionará e financiará os projetos vinculados ao CPPB.

"O curso é um dos importantes resultados do Centro Paulista de Pesquisa em Bioenergia, organizado pela FAPESP e pelas três universidades estaduais paulistas, com expressivo investimento do Governo do Estado de São Paulo. O caráter multi-institucional é uma excelente ideia das universidades e fará o curso muito competitivo mundialmente", ressaltou Carlos Henrique de Brito Cruz, diretor científico da FAPESP.

Mais informações sobre o processo seletivo e o Programa Integrado de Doutorado em Bioenergia estão disponíveis em: http://genfis40.esalq.usp.br/pg_bio

Fonte: Agência FAPESP