Notícia

TV Globo

Programa Bem Estar (02/02/2018)- Pesquisa do CEPID CEGH-CEL identifica fatores genéticos que tornam bebês suscetíveis a complicações pelo Zika

Publicado em 02 fevereiro 2018

Link para vídeo de reportagem do programa Bem Estar, da Rede Globo, sobre estudo liderado pela geneticista Mayana Zatz, do Centro de Pesquisa sobre o Genoma Humano e Células-Tronco da USP, um dos CEPIDs apoiados pela FAPESP, que descobriu um conjunto de alterações genéticas responsável por aumentar a suscetibilidade de alguns bebês às consequências neurológicas da infecção pelo vírus Zika. Os pesquisadores estudaram casos nos quais bebês gêmeos nasceram infectados, mas só um deles teve o problema neurológico. O estudo foi publicado em 2 de fevereiro na revista Nature Communications (22:53)