Notícia

Portal do Governo do Estado de São Paulo

Professores de SP terão cursos de graduação e pós pela TV e Internet

Publicado em 18 outubro 2008

Os três primeiros cursos gratuitos de formação superior com uso de recursos intensivos de TV digital e Internet da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) estão previstos para começar em 2009. São 5 mil vagas em Pedagogia, 700 em Biologia e 900 em Ciências. Para a pós-graduação, especialização e extensão serão 110 mil vagas. Os cursos serão ministrados pelas três universidades estaduais paulistas: Universidade de São Paulo (USP), Universidade Estadual Paulista (Unesp) e Universidade de Campinas (Unicamp), parceiras da Univesp.

A Univesp terá investimento de R$ 152 milhões, sendo R$ 52 milhões da Secretaria Estadual da Educação e R$ 25 milhões anuais – durante quatro anos – da Secretaria Estadual de Ensino Superior, criadora do programa com apoio da TV Cultura (Fundação Padre Anchieta), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e da Fundação para o Desenvolvimento Administrativo Paulista (Fundap). Lançada oficialmente dia 9, a Univesp foi planejada para ampliar o acesso ao ensino superior público.

O preenchimento das vagas na graduação e na pós-graduação será por processo seletivo a partir de edital divulgado pela instituição que oferece o curso. O cronograma da inscrição, seleção, início das aulas, conteúdo pedagógico, exigências acadêmicas e metodológicas serão divulgados após a aprovação dos cursos pelos conselhos das universidades paulistas. A graduação em pedagogia proposta pela Unesp se destina a professores da rede pública e privada que lecionam para estudantes de 1ª a 4ª séries do ensino fundamental e para gestores escolares.

Cursos da Univesp

Com turma de 25 alunos, terá 3,2 mil horas distribuídas em formação geral, didática e conteúdo de gestão escolar. As atividades presenciais ocorrerão nos 70 pólos distribuídos pelo Estado.  Quem quiser ter uma idéia do conteúdo pedagógico e formato de ensino da universidade virtual, pode acessar o site da TV Cultura (veja endereço no Serviço) que contém programas que serão exibidos pela TV Univesp aos alunos de pedagogia da Unesp. Nos programas-aula há blocos temáticos como: O que é professor, Leitura de texto, Nota biográfica, Filmes e Conto de Escola.

A USP ministrará os cursos de licenciatura em ciência e biologia para professores paulistas em exercício da rede pública e privada. Novas vagas de formação de professor serão abertas pelo programa Univesp, de acordo com o coordenador técnico do programa, Waldomiro Loyolla, para dar acesso ao ensino superior a quem leciona. O coordenador disse que o governo calcula que 40 mil professores do ensino infantil e do ciclo I (1ª a 4ª séries) do ensino fundamental lecionam sem ter diploma superior.

As 110 mil vagas de pós-graduação, extensão e especialização são destinadas a professores em exercício da rede estadual (para quem leciona da 5ª série do ensino fundamental até o ensino médio) e para os gestores do Estado (docentes com carga de liderança). São 16 cursos, 3 de gestão escolar e 13 de especialização (Artes, Biologia, Ciências, Educação Física, Filosofia, Física, Geografia, História, Inglês, Matemática, Português, Química e Sociologia). Esse programa de especialização será feito em parceria com a pasta da Educação e será ministrado pelas três universidades estaduais. A expectativa é que parte dessas vagas esteja disponível no próximo ano.

Especialização e extensão

Além dessas vagas, as universidades estudam outras 12 propostas de cursos em especialização que deverão ser abertas a toda a comunidade. Filosofia e Sociologia foram propostas pela USP, Unicamp e Unesp.  A USP está propondo também os cursos de Ética e Saúde na Escola, Ensino de Ciências e Educação em Direitos Humanos. A Unicamp estuda ministrar os cursos de Espanhol, Ecologia Ambiental e Gestão Escolar. A Faculdade de Medicina de Marília (Famena) deverá ministrar Vigilância Sanitária, Terapia Intensiva Integrada, Ações em Saúde e Reabilitação de Pacientes Amputados.

Há propostas para dois cursos de extensão na USP: Violência, Direitos Humanos e Educação para Cidadania, além de Gestão Organizacional e Justiça Criminal.  Um terceiro curso de extensão – Gestão de Governo Eletrônico – foi proposto pela Fundap. Além das instituições consorciadas, a Univesp deverá abrir participação a outras universidades. O secretário da pasta de Ensino Superior, Carlos Vogt, disse que há possibilidade de a Pontifícia Universidade Católica, a Universidade Federal de São Paulo e Mackenzie integrarem o programa.

Metodologia

A metodologia dos cursos da Univesp usa as novas tecnologias de informação e comunicação aliadas a material didático impresso e aulas presenciais nos 70 pólos de ensino distribuídos pelo Estado (equipados com aparelhos de TV e antena para recepção do sinal digital, computador com impressora e acesso à Internet e  linha telefônica). As avaliações e as aulas laboratoriais ocorrerão nos pólos de ensino das universidades e instituições parceiras. Os conteúdos pedagógicos serão transmitidos, 24 horas por dia, para todo o Estado, por um canal digital exclusivo da TV Cultura.

A previsão é que a TV digital Univesp entre no ar em fevereiro de 2009. O ambiente virtual de aprendizado (uso da plataforma Tidia desenvolvida pela Fapesp) disponibilizará materiais educacionais (textos, artigos, vídeos), as vídeos-aulas, bate-papo (chats) entre alunos, fóruns de discussão virtual para tirar dúvidas, teleconferência com tutores e professores, entre outros recursos. O aluno terá ajuda de telefone do sistema 0800 gratuito para consultas e esclarecimentos.