Notícia

CM Consultoria

Professora inglesa ministra curso na UNESP RC

Publicado em 21 agosto 2013

De 18 a 24 de agosto, a Unesp recebe a professora Cathy McIlwaine, da School of Geography, Queen Mary, University of London, com apoio da Fapesp e da Pró-reitoria de Pesquisa. A pesquisadora inglesa trabalha com migração de latino-americanos para Europa, especialmente para o Reino Unido. Seus trabalhos focam a questão do trabalho feminino.

Suas pesquisas se inserem em discussões sobre os processo de exploração do trabalho nos países periféricos e centrais, destacando que na centralidade do capitalismo as dinâmicas de exploração têm se consolidado em uma dinâmica de precarização, part time, ausência de seguridade social, fragilidade de vínculo, ilegalidade de permanência e de contratos.

Esse quadro sempre esteve presente nas contrações do trabalho feminino migrante, uma vez que a mulher migrava como esposa do "trabalhador", mas não era vista como trabalhadora, suas atividades eram de subempregos, pois respondia sua renda e atividade quase como uma complementação do trabalhado do homem-migrante.

Por sua vez, este quadro se estende atualmente a todos os trabalhadores migrantes (até mesmo europeus que migram para o Reino Unido) naquilo que é chamado de um processo de "feminilização do trabalho migrante".

Cathy McIlwaine irá ministrar uma disciplina no Programa de Pós-graduação em Geografia em Rio Claro que trata destas dinâmicas num contexto em que o Instituto de Geociências e Ciências Exatas (IGCE) da Unesp está elaborando uma proposta de investigação que busca compreender como as famílias dos migrantes que permanecem no Brasil alteram seu padrão de vida, renda e perspectivas.

Esse projeto é desenvolvido por Cathy em parceria com o professor José Gilberto de Souza, do IGCE, no Laboratório Geo Mundi, do Departamento de Geografia do Instituto. Ella, ainda, será co-orientadora de uma pesquisa de Doutorado e receberá nossa aluna para trabalhos de campo em Londres, projeto também aprovado pela Fapesp sobre a migração de brasileiros em Londres.

Fonte: Jornal da Cidade - Rio Claro / SP