Notícia

Jornal do Commercio (AM) online

Professor Santoro

Publicado em 08 dezembro 2006

A respeito do trabalho de ponta que o professor Santoro vem realizando no Departamento de Física da Uerj, vale citar trecho de entrevista dada à Agência Fapesp, publicada no Jornal da Ciência de 2.11.2006, por Roberto Salmeron, decano dos físicos brasileiros de renome internacional, que reside na França desde 1967, onde foi professor (hoje aposentado) da École Polytechnique, em Paris, uma das mais importantes escolas de engenharia do mundo: "O LHC (Large Hadron Collider) utilizará a tecnologia Grid (computação em grade), que, em vez de concentrar toda a informação no Cern, como ocorre atualmente, compartilha os dados entre diversas máquinas. Qualquer laboratório do mundo com conexão a essa rede terá acesso a todos os dados do Cern. O laboratório mais avançado nesse sentido no Brasil está na Uerj, dirigido pelo professor Alberto Santoro e que dá acesso direto aos dados". O LHC é o maior acelerador de partículas do planeta e sua operação inicia-se em 2007, no Cern. Para Salmeron, o LHC dará trabalho aos cientistas durante os próximos vinte anos, esperando-se fantásticas descobertas no âmbito da física de partículas e na geração de novas tecnologias.