Notícia

Jornal do Comércio (AM)

Professor Santoro

Publicado em 08 novembro 2006

A respeito do trabalho de ponta que o professor Santoro vem realizando no Departamento de Física da Ueri, vale citar trecho de entrevista dada à Agência Fapesp, publicada no Jornal da Ciência de 2.11.2006, por Roberto Salmeron, decano dos f brasiLeiros de renome internacional, que reside na França desde 1967, onde foi professor (hoje aposentado) da École Polytechnique, em Paris, urna:das mais importantes escolas de engenharia do mundo: "O LITC (Large Hadron Collider) utilizará a tecnologia Grid (computação em grade), que, em vez de concentrar toda a informação no -Cern, como ocorre atualmente, compartilha os dados entre diversas máquinas. Qual quer laboratório do mundo com conexão a essa rede terá acesso a to dos os dados do Cern. O laboratório mais avançado nesse sentido no Brasil está na Uerj, dirigido pelo professor Alberto Santoro e quê dá acesso direto aos dados", O LIIC é o maior acelerador de partículas do planeta e sua operação inicia-se em 2007, no Cern. Para Salmeron, o LHC dará trabalho aos cientistas durante os próximos vinte anos, esperando-se fantásticas descobertas no âmbito da física de partículas, e na geração de novas tecnologias.