Notícia

Notícias Botucatu

Professor da Unesp de Botucatu lança livro inédito sobre acidentes por animais aquáticos

Publicado em 09 novembro 2021

Obra com 350 páginas é uma referência em uma área praticamente inexplorada

“Emergências médicas causadas por animais aquáticos: Um guia biológico e clínico para casos de traumas e envenenamentos” é o título do mais novo livro do pesquisador e professor livre-docente da Faculdade de Medicina de Botucatu (FMB/UNESP), Vidal Haddad Júnior, que acaba de ser lançado pela editora Springer, com sede na Suíça e que edita seus livros na língua inglesa. O trabalho é resultado de mais de 30 anos de pesquisa médica e zoológica do autor, professor do Departamento de Infectologia, Dermatologia. Diagnóstico por Imagem e Radioterapia da Faculdade de Medicina de Botucatu da Universidade Estadual Paulista (UNESP), parte dela realizada com apoio da FAPESP e da CAPES.

Esta é a segunda edição do livro publicado originalmente sob o título “Emergências Médicas Causadas por Animais Aquáticos: Um Guia Zoológico e Clínico”. Inclui capítulos atualizados, novos conteúdos e referências adicionais, discute o acompanhamento de pacientes, descreve doenças que não são emergências e explica procedimentos que podem ocorrer em postos de saúde e centros ambulatoriais, com foco em aspectos clínicos e biológicos relevantes para pesquisadores e profissionais.

Vidal Haddad Junior possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro

Segundo o autor, a obra com 350 páginas é uma referência em uma área praticamente inexplorada e sua esperança é que venha a determinar as condutas de identificação e tratamento destes acidentes no mundo todo. “Estes dados servirão não só para o Brasil, mas para todos os países. Minha intenção não é vender livros e nem isso me traz qualquer vantagem. Ressalto a importância do lançamento para a Ciência do país, tão subestimada e desvalorizada atualmente. Temos o que mostrar ao mundo, sim, com motivos para nos orgulhar”, afirma Haddad Júnior.

No período pré-pandêmico, com os ambientes aquáticos bastante procurados pelo homem, o número de lesões por animais aquáticos foi de aproximadamente 1 para cada 1.000 casos atendidos em pronto-socorros costeiros. Com a pandemia, esse número diminuiu, mas a expectativa é que com a Covid-19 controlada, o movimento volte a crescer resultando no aumento dos traumas e envenenamentos por animais, que são causados principalmente por cnidários, equinodermos (ouriços-do-mar) e peixes peçonhentos.

“O objetivo era compor e oferecer um guia de referência para os cuidados de emergência em ambulatório, com informações essenciais sobre os problemas mais importantes envolvendo incidentes em praias, rios e outros ambientes em que seres humanos interagem de alguma maneira com a fauna aquática. É o trabalho de uma vida”, diz Haddad Junior.

O capítulo sobre Animais Aquáticos Invertebrados apresenta fatos e avanços que ficaram de fora da primeira edição. Além disso, inclui imagens aprimoradas. O subtópico Cnidaria apresenta dados recentes sobre surtos e identificação de novas espécies em áreas sem precedentes, com uma discussão oportuna sobre o tratamento de primeiros socorros.

O capítulo sobre Lesões por Animais Aquáticos Vertebrados foi aprimorado, com base no trabalho contínuo com banhistas e pescadores. Apresentando inúmeras imagens e casos clínicos representativos, ele explora as lesões mais significativas causadas por peixes em todo o mundo.

O capítulo sobre a Ingestão de animais peçonhentos aquáticos: toxinologia, aspectos clínicos e tratamento discute surtos de doenças de intoxicação por comer peixes e frutos do mar, com base em registros confiáveis de casos seriados de síndrome de Haff, escombroidismo e ciguatera. Além disso, examina o consumo indiscriminado de animais aquáticos, que o autor afirma apresentar os mesmos (ou até maiores) riscos de envenenamento e infecções que os animais terrestres.

Por último, visto que existe uma falta geral de consciência do risco de infecções em ambientes aquáticos, o capítulo sobre Infecções bacterianas e fúngicas em ambientes aquáticos descreve os sintomas e tratamentos e destaca medidas preventivas.

“Emergências médicas causadas por animais aquáticos: Um guia biológico e clínico para casos de trauma e envenenamento” apresenta descrições exclusivas e informações abrangentes sobre as lesões causadas por animais aquáticos. Explora tópicos de crescente interesse relacionados às mudanças climáticas causadas por humanos. Inclui atualizações e novos conteúdos. É um guia prático ricamente ilustrado. Apresenta casos clínicos e tratamentos preventivos. Destinado a uma ampla gama de profissionais da área da medicina, saúde e biologia.

autor

Vidal Haddad Junior possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (1983), mestrado (1991) e doutorado (1999) em Medicina (Dermatologia) pela Universidade Federal de São Paulo. É Professor Associado da Faculdade de Medicina de Botucatu da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP), atuando junto ao Departamento de Infectologia, Dermatologia, Diagnóstico por Imagem e Radioterapia.

Anteriormente, foi Professor de Zoologia do Instituto de Biociências da UNESP – Botucatu, foi médico colaborador do Hospital Vital Brazil do Instituto Butantan e lecionou no Programa de Pós-Graduação do Departamento de Saúde Pública da Faculdade de Medicina de Botucatu (UNESP) .

Atualmente é professor titular da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia de Botucatu (UNESP). É vice-presidente da Sociedade Brasileira de Toxinologia e membro do Conselho Deliberativo, da Editorial Nacional e da Comissão Científica da Sociedade Brasileira de Dermatologia. É ex-presidente e atual secretário do Fundo de Amparo Científico da Sociedade Brasileira de Dermatologia (FUNADERM). É consultor do Ministério da Saúde – Fundação Nacional de Saúde (acidentes com animais aquáticos peçonhentos) e bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq – Nível 2 – CA MD – Medicina.

Medical emergencies caused by aquatic animals

Autor: Vidal Haddad Junior

Editora: Springer

Lançamento: 2021

Páginas: 350

Mais informações: www.springer.com