Notícia

Folha do Noroeste

Professor da UFSM/FW lança livro

Publicado em 10 setembro 2014

A obra Documentário e o Brasil na Segunda Guerra Mundial: o antimilitarismo e o anticomunismo como matrizes sensíveis, de autoria de Cássio dos Santos Tomaim, professor do Curso de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Maria, campus Frederico Westphalen (RS), será lançada nesta quarta-feira, 10, a partir das 18h30, na Vitrola.

 

O livro é resultado de sua tese de Doutorado em História pela Unesp (Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho), campus Franca (SP), defendida em 2008.

 

Tendo como ponto de partida quatro documentários brasileiros de longa-metragem Rádio Auriverde (Sylvio Back, 1991) Senta a Pua! (Erick de Castro,1999), A Cobra Fumou (Vinicius Reis, 2004) e O Lapa Azul (Durval Jr, 2007) o autor demonstra como sentimentos como o antimilitarismo e o anticomunismo serviram como matéria-prima para a disputa pela memória dos ex-combatentes brasileiros da Segunda Guerra Mundial.

 

Documentário e o Brasil na Segunda Guerra Mundial é um livro sobre cinema e história, sobre filmes que nos ensinam que o documentário é um lugar onde trincheiras são erguidas para o embate com as memórias e os ressentimentos de outros tantos tempos que não o agora da produção cinematográfica.

 

O livro é uma publicação da Editora Intermeios (São Paulo), com apoio financeiro da FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo).