Notícia

São Carlos Agora

Professor da UFSCar é eleito conselheiro diretor da ANTP

Publicado em 17 dezembro 2015

Archimedes Azevedo Raia Júnior, professor do Departamento de Engenharia Civil da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), foi eleito um dos 25 integrantes do Conselho Diretor da Associação Nacional de Transporte Público (ANTP) para o biênio 2016-2017. A eleição foi feita em assembleia geral extraordinária realizada no dia 17 de novembro e os conselheiros tomaram posse no dia 8 de dezembro. "Esta é a primeira vez que faço parte do Conselho Diretor. Minha motivação para encarar este trabalho é a melhor possível. A ANTP é uma instituição de abrangência nacional, que goza de grande respeito junto à comunidade técnica, gestora, de engenharia, industrial e consultiva, relacionada com áreas de trânsito, transportes públicos e mobilidade urbana", ressalta Raia.

Os membros do Conselho Diretor são eleitos, através de uma chapa, por cerca de 300 associados da entidade entre órgãos públicos gestores de transporte público e de trânsito, empresas operadoras públicas e privadas, sindicatos patronais e de empregados, fabricantes e prestadores de serviço, consultores e universidades.

Raia é engenheiro, mestre e doutor em Engenharia de Transportes, membro benemérito da Associação Nacional de Transportes Públicos, membro da Associação Nacional de Pesquisa e Ensino em Transportes (ANPET), consultor do CNPq e da Fapesp, membro do Conselho Editorial e parecerista de diversos periódicos. É colunista do Jornal da Cidade de Bauru, do Portal Social Bauru e Portal Perkons e autor de centenas de artigos publicados em congressos, periódicos e jornais no Brasil e no Exterior. Presidente da Comissão Permanente de Segurança no Trânsito da UFSCar e diretor de Mobilidade da Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Bauru (ASSENAG).

Como integrante do Conselho, Raia pretende manter estreitas relações com as entidades integrantes da ANTP, além de promover as ações já previstas no escopo da ANTP.

A ANTP é uma entidade civil, sem fins lucrativos, criada em 1977, voltada ao setor de transporte público e do trânsito urbano do Brasil. Tem por objetivos promover ações que contribuam para a garantia do direto ao transporte público de qualidade, à cidadania no trânsito e à mobilidade urbana sustentável, estudos e difusão de conhecimento especializado sobre questões referentes à mobilidade urbana, transporte, trânsito e saúde, abrangendo as dimensões técnico-científicas, políticas, sociais, culturais, econômicas, ambientais e urbanísticas, incluídas ações de pesquisa, preservação e comunicação. Como conta o professor Archimedes, o conselho é o órgão responsável pela definição da política da ANTP e por sua execução. "É uma grande honra para mim, representando a UFSCar, fazer parte desta importante associação, levando para debate no Conselho os temas estudados e pesquisados na Universidade, bem como trazer à UFSCar o conhecimento produzido e fomentado pela ANTP", finaliza.