Notícia

Agência C&T (MCTI)

Professor da São Lucas faz palestra em curso de Pós-Graduação da UFAL

Publicado em 14 maio 2008

O Professor Doutor Luís Marcelo Aranha Camargo, coordenador do Departamento de Medicina da Faculdade São Lucas, ministrou, dia 21 de abril, palestra sobre malária assintomática para os alunos do curso de Pós-Graduação na área de saúde da Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Na oportunidade, Luís Marcelo Aranha Camargo fez um relato da malária na Amazônia e a incidência da doença em outras regiões brasileiras.

Luís Marcelo Aranha Camargo também esteve reunido com os Professores Doutores Gilberto Fontes e Eliana Maurício, do Núcleo de Saúde da Universidade Federal de Alagoas, para tratar sobre o convênio de cooperação técnica com a Faculdade São Lucas e com a Universidade de São Paulo (USP), através do Instituto de Ciências Biomédicas (ICB5) de Monte Negro, cidade do interior rondoniense, onde a USP mantém sua unidade de pesquisas no estado.

Segundo Luís Marcelo Aranha Camargo, o convênio de cooperação técnica visa a realização de estudos sobre a filaríase bancroftiana (elefantíase), doença transmitida por mosquito urbano que provoca inchaço dos membros e órgãos genitais. Em 1950, conforme Luís Marcelo, em visita a Rondônia, o pesquisador René Rachou constatou que 0,5% da população da época tinham a doença. "Desde então não houve qualquer outra avaliação e, em conseqüência do crescimento da Capital e do surgimento de outras cidades no interior, principalmente com deficiências na estrutura urbanística, acredita-se que o mosquito continue na região", disse.

O coordenador do Departamento de Medicina da Faculdade São Lucas acrescentou que a proposta é verificar se a doença realmente continua presente na região. "Como a doença não tem sido alvo de estudos há muito tempo, e levando em conta que, na época, não havia tecnologia adequada para o diagnóstico, a pesquisa se reveste de fundamental importância. Além dos estudos sobre a doença, a cooperação técnica entre a Universidade Federal de Alagoas e a Faculdade São Lucas visa estreitar os laços entre as duas instituições, especialmente porque a UFAL é um Centro de Referência da Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) nas áreas de diagnóstico e tratamento.

Recursos Humanos

Na visita à Universidade Federal de Alagoas, o Professor Doutor Luís Marcelo Aranha Camargo ainda tratou da formalização da cooperação técnica para o planejamento de capacitação de Recursos Humanos, que será ministrada em Porto Velho no período de 11 a 15 de junho, envolvendo alunos da Faculdade São Lucas e da Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Um grupo de 24 alunos de graduação em Medicina e Biomedicina e os professores Rodolfo Korte, Sérgio Basano e Luís Marcelo Aranha Camargo vão participar desse programa de planejamento e capacitação de Recursos Humanos. O projeto é fomentado pelo Governo de São Paulo, através da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), envolvendo recursos financeiros da ordem de R$ 90 mil, devendo estender-se ao longo de dois anos, com o apoio do ICB5 da USP.