Notícia

Giro Marília

Professor da Famema está entre 10 mil cientistas mais influentes da América Latina

Publicado em 04 outubro 2021

O docente e chefe da disciplina de Genética da FAMEMA (Faculdade de Medicina de Marília), Spencer Luiz Marques Payão, é o número 7.526 em uma lista com os dez mil cientistas mais influentes da América Latina.

A relação foi divulgada pelo Alper-Doger (AD) Scientific Index 2021 - sistema de classificação e análise com base no desempenho científico e no valor agregado da produtividade científica de pesquisadores.

É o único pesquisador da FAMEMA na relação que agrega os valores das pesquisas nos últimos cinco anos com peso para o levantamento.

O índice leva em conta doze áreas: agricultura e silvicultura, artes, design e arquitetura, negócios e gestão, economia e econometria, educação, engenharia e tecnologia, história, filosofia, teologia, direito, estudos jurídicos, medicina e ciências da saúde, ciências naturais e ciências sociais.

A Famema aparece pela primeira vez entre as 453 instituições do continente que integram o ranking.

Spencer Payão diz que o resultado reflete décadas de trabalho direcionado para as pesquisas com doença de Alzheimer, Terapia Celular, Genética Humana e Médica e Doenças Gástricas.

“Fico muito honrado com esse reconhecimento, mas ninguém faz nada sozinho, por isso quero dividir essa honraria com os meus 22 mestres, 12 doutores e dois pós-doutores que orientei e ajudei a formar durante a minha carreira”, disse.

O pesquisador agradeceu ainda aos da Faculdade, do Banco de Cérebro do Canadá, á sua família e à Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) por apoio em 14 Auxílios à Pesquisa.

O suporte permitiu 94 publicações em periódicos de reconhecimento internacional e de alto impacto,”além de permitir um salto tecnológico na FAMEMA, onde hoje se encontra um dos mais bem equipados Laboratórios de Biologia Molecular da região”.

O ranking leva em conta toda a trajetória da pesquisa e não apenas pesquisas mais recentes. O Brasil lidera o ranking com mais de 7.600 pesquisadores na relação divulgada pelo AD Scientific Index 2021.

Últimas Notícias

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
ACIG - Associação Comercial e Industrial de Garça