Notícia

Portal Exame

Produção de nanotubos de carbono em larga escala está longe

Publicado em 23 abril 2014

Por Elton Alisson, da Agência FAPESP
Beijing – Os esforços realizados para disseminar a utilização industrial de nanotubos de carbono de paredes múltiplas – material em escala nanométrica (da bilionésima parte do metro) com diversas camadas ou tubos concêntricos de grafite – contribuíram para diminuir seu preço de US$ 45 mil o quilograma (kg) no início dos anos 2000 para US$ 100 o kg. Além disso, também possibilitou que a produção do material aumentasse em várias centenas de toneladas por ano e que sua aplicação se estendesse para aplicações comerciais [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.