Notícia

Inteligemcia

Primeiro ministro da Baviera se reúne com empresários nesta segunda (09) em São Paulo

Publicado em 05 abril 2012

O primeiro ministro da Baviera, Horst Seehofer, e a delegação que o acompanha composta por membros de seu gabinete e empresários bávaros, vão se encontrar com empresários brasileiros e alemães nesta segunda-feira (09) em reunião-almoço promovida pela Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha de São Paulo (AHK, na sigla em alemão). O evento, durante o qual será apresentada uma palestra de Seehofer sobre as relações Brasil-Baviera, será realizado na sede do Club Transatlântico (Rua José Guerra, 130), na zona sul da capital paulista, a partir das 11h30.

Esta é uma das maiores delegações bávaras a visitar o Brasil. Além do encontro empresarial, outro motivo da visita de Horst Seehofer ao País é sua participação na 6ª Conferência de Chefes de Estado das Regiões Parceiras da Baviera. A conferência reúne líderes dos seis regiões do mundo que mantém estreitos laços de parceria o estado alemão: Chendong (China); Alta-Áustria (Austria); Quebec (Canadá); West Cape (África do Sul); Geórgia (Estados Unidos); e São Paulo, no Brasil. Nesta edição, a cúpula vai debater a questão das energias renováveis e sustentabilidade no contexto das regiões.

A conferencia já conta com a participação confirmada do primeiro ministro do Quebec Jean Charest; do vice-governador de Shandong (China), Cai Limin; e do governador da Georgia (EUA), Casey Cagle. A abertura da conferência será realizada no dia 11 de abril, no Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista. Logo após a abertura da conferência está prevista uma reunião entre Horst Seehofer e o governador Geraldo Alckmin.

Estes, porém, não são os únicos compromissos do chefe de estado bávaro e de sua delegação no Brasil. “O desenvolvimento econômico de São Paulo oferece às empresas bávaras oportunidades únicas. Em função da Copa do Mundo de 2014 e dos Jogos Olímpicos de 2016, eu sei que estão sendo feitos grandes investimentos na região. As empresas bávaras têm, nesse ambiente, boas possibilidades de colaborar e se beneficiar com o crescimento econômico do Brasil”, declarou o ministro Seehofer.

Membros do gabinete do governo bávaro, entre eles o secretário para Ciências, Pesquisa e Arte, Wolfgang Heubisch; a secretária adjunta de Economia, Katja Hessel, a secretária para Assuntos Federais e da Europa, Emilia Müller; terão reuniões específicas com as pastas paulistas de Transporte e Logística, Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Obras e Infraestrutura, e Esportes.  A agenda da delegação também reserva visitas a entidades como: o Centro Alemão de Inovação e Ciência (DWIH), à FIESP, à ANFAVEA, ao Sindipeças, à Universidade de São Paulo, à Cúria Metropolitana, à FAPESP, a unidades de empresas alemãs, Siemens e Allianz, ao Parque Tecnológico de S.J dos Campos, e, ainda, às obras do Itaquerão.

Sobre a Baviera

A Baviera é uma das regiões mais desenvolvidas da Europa e é conhecida mundialmente por seu desempenho econômico. O PIB do Estado somou € 455 bilhões em 2011. Além disso, a região também se caracteriza por ser um mercado consumidor de alto poder aquisitivo. Em 2011, a corrente de comércio Brasil-Baviera movimentou € 2,1 bilhões. As exportações do estado alemão para o Brasil chegaram a € 1,6 bilhão, um crescimento de 11,3% sobre o ano anterior. As importações de produtos brasileiros, no mesmo ano, somaram € 502 milhões, um acréscimo de 17,2% ante os resultados de 2010.  Do volume total de exportações brasileiras, 15,0% correspondem a produtos do setor agrícola. Entre os outros produtos comercializados entre a Baviera e o Brasil estão máquinas, autopeças, semimanufaturados e manufaturados. Grandes grupos bávaros, como Faber-Castell, MTU, MAN, Siemens, Brose, Kathrein e Scherdel, estão instalados no Brasil.

Sobre a Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha (AHK)

A Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha (AHK) é uma entidade que desenvolve um papel essencial no fomento das relações econômicas entre os dois países. Filiada à Confederação Alemã das Câmaras de Comércio e Indústria (DIHK), a Câmara Brasil-Alemanha atua como base para o fortalecimento e a diversificação dos negócios de seus associados, na atração de investimentos para o Brasil, na ampliação do comércio bilateral e na cooperação entre os países do Mercosul e da União Europeia. No Brasil há 95 anos, a Câmara Brasil-Alemanha congrega 1.700 associados, entre empresas de capital ou know how alemão instaladas no Brasil e companhias brasileiras e alemãs voltadas ao comércio exterior. A entidade conta com 220 funcionários e está presente em 14 cidades brasileiras. Esta rede está à disposição de seus associados, que também tem acesso a outras 114 câmaras de comércio alemãs espalhadas em 81 países, além de outras 83 entidades na Alemanha. Em 2011, a Câmara Brasil-Alemanha trouxe para o Brasil 83 delegações empresariais e contou com a participação de 15 mil executivos em congressos, seminários e reuniões ao longo do ano.

Informação para a Imprensa

Ketchum

Daniel Medeiros (11) 5090-8969 / daniel.medeiros@ketchum.com.br

Willian Fernandes – (11) 5090-8900 r. 8540 / willian.fernandes@ketchum.com.br

Câmara Brasil-Alemanha

Cecília Degen – (11) 5187-5129 / cecilia.degen@ahkbrasil.com

Karen Saes – (11) 5187-5127 / reporter@ahkbrasil.com