Notícia

JC e-mail

Previsões meteorológicas fortalecidas

Publicado em 24 novembro 2006

Por Agência FAPESP

Institutos nacionais de Pesquisas Espaciais (Inpe) e de Meteorologia (Inmet) assinam protocolo de intenções para estreitar cooperação e desenvolver a meteorologia nacional

Os diretores do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), Gilberto Câmara, e do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), Antonio Divino Moura, assinaram nesta quinta-feira (23/11) um protocolo de intenções para desenvolver a meteorologia nacional.
O Inpe é vinculado ao Ministério da C&T e o Inmet ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.
O protocolo deverá aprofundar e fortalecer as atividades de monitoramento e previsão de tempo e clima do país e da América do Sul, desenvolvidas pelos institutos.
Com o estreitamento das relações entre os dois principais órgãos de meteorologia do país, um grupo de trabalho, com representantes das duas instituições, passará a funcionar de forma permanente e coordenada no planejamento, solicitação de recursos e na formulação de políticas para a área.
A medida deverá evitar a sobreposição de pedidos de recursos para objetivos operacionais, de pesquisa e desenvolvimento semelhantes.
O Inpe e o Inmet já vêm atuando em parceria tanto em atividades operacionais, na elaboração da previsão climática sazonal, quanto na busca por recursos por meio de projetos do governo federal — no Projeto Piloto de Investimentos (PPI) e no Projeto de Tecnologia da Informação (Protim).
Segundo o Inpe, o protocolo prevê ainda que todos os produtos de previsão de tempo e clima fornecidos à mídia passarão a ter o crédito das duas instituições.
A parceria deverá se estender às áreas de treinamento e difusão do conhecimento, aplicações das previsões de tempo e clima, modelagem atmosférica, oceânica e ambiental, instrumentação meteorológica e utilização de imagens de satélites meteorológicos e ambientais.
Mais informações: http://www.inpe.br e http://www.inmet.gov.br
(Agência Fapesp, 24/11)