Notícia

Sentidos online

Prêmio Sentidos

Publicado em 13 março 2010

Grandes histórias de superação e iniciativas que fomentam a inclusão social de pessoas com deficiência vão abrilhantar a cerimônia de premiação que acontecerá no dia 30 de março em São Paulo.

O III Prêmio Sentidos chega a sua reta final. Dos 787 trabalhos inscritos nas seis categorias criadas, restam agora 18. Os três finalistas de cada uma delas foram escolhidos pela comissão julgadora, pelo conjunto de suas conquistas, obras e realizações. Agora resta o último passo. A cerimônia de premiação, em que serão divulgados os nomes dos grandes vencedores. E isso vai acontecer no dia 30 de março de 2010, no Memorial da America Latina, onde está localizada a Secretaria Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

O Prêmio Sentidos tem o objetivo de divulgar e reconhecer as histórias de superação de pessoas com deficiência e mostrar as realizações em prol da inclusão social e econômica desenvolvidas por instituições do terceiro setor, empresas e poder público. O Prêmio é uma iniciativa da Revista e Site Sentidos, AVAPE, FENAVAPE, Instituto Ressoar, Rede Record de Rádio e Televisão, e com o apoio da Secretaria Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Editora Escala, Flow Design, Áurea Editora, Net Cidade e Trama Comunicações.

Conheça abaixo o perfil e história de superação de cada um dos candidatos, assim como os indicados à Menção Honrosa nas categoriais Empresas e Terceiro Setor.

Categoria: Artes

IASMIN CARNEIRO FREITAS

Deficiência: Múltipla

Cidade/Estado: Ceres/GO

Sua história: Nasceu prematura com dificuldade respiratória e fenda palatina. Até os cinco meses de idade não dormia bem e tinha dificuldades para mamar. Foi diagnostica como portadora da Síndrome de Stickler e Sequência de Pierre Roubin. Ela possuía fenda palatina, 23 graus de miopia em ambos os olhos, respostas auditivas ausentes bilateralmente. Sua mãe sem a colocou em contato com a música. Hoje com 9 anos de idade tem um ótimo desempenho com o piano.

NILTON CÂMARA DE OLIVEIRA

Deficiência: Auditiva

Cidade/Estado: Fortaleza/CE

Sua história: É intérprete de LIBRAS e há 12 anos trabalha junto à Comunidade Surda. Idealizou o Grupo de Dança Surdos Videira que mostra que a inclusão é possível através de atividades culturais quando dão voz e vez ao surdo para mostrar o seu potencial. Além de aprenderem em Língua Portuguesa a letra da música, os surdos são levados a sentir a canção e perceber os ritmos, por meio das sensações passadas pela expressão facial e corporal. Os ensaios são constantes até chegar ao nível desejado. Os integrantes surdos tem vivenciado melhorias pessoais, escolares e familiares. O grupo também incluiu cadeirantes nas apresentações.

ODILON FERNANDES DE SOUZAS

Deficiência: Visual

Cidade/Estado: Porto Alegre/RS

Sua história: Decidiu fazer da luta pela inclusão social dos cegos uma prioridade em sua vida. Há mais de 20 anos desenvolve formas de inclusão social para deficientes visuais. Pela sua causa, conquistou diversas premiações. Em 2006 foi contemplado por serviços prestados à comunidade. Conquistou o título de líderes vencedores da Assembléia Legislativa e da Federasul em 2001. Entre outras iniciativas, ajudou a construir a Casa Lar, que abriga 46 pessoas e oferece ações de profissionalização, apoio à educação, cultura e atendimento para pessoas com deficiência visual, além de participar elaboração da Lei da Acessibilidade para deficientes.

Categoria: Empresas

BONAVISION AUXÍLIOS ÓPTICOS LTDA

Cidade/Estado: São Paulo/SP

Projeto de Inclusão: A empresa nasceu com o ideal de produzir um equipamento inovador no mundo, a "prancha de leitura acoplada à lupa" destinada aos deficientes visuais com baixa visão. Desde sua fundação, em setembro de 2005, foi incubada na incubadora de empresas da Cidade Universitária, Cietec, em São Paulo, e recebeu o apoio da Fapesp para transformar a idéia que havia sido desenvolvida por uma das sócias da empresa em seu Trabalho de Conclusão de Curso na Faculdade de Arquitetura da USP em um produto disponível no mercado brasileiro. No desenvolvimento de seus produtos, a empresa baseia-se no tripé: qualidade técnica, ergonomia e design.

CONSCIENTE CONSTRUTORA E INCORPORADORA LTDA

Cidade/Estado: Goiânia/GO

Projeto de Inclusão: A empresa prioriza a qualidade de seus serviços com foco na acessibilidade adaptando as áreas seus projetos. Juntamente com a Pirâmide Engenharia LTDA, outra empresa que preza pela acessibilidade, realizou o desenvolvimento e implantação do projeto: Calçada Consciente, um trabalho de revitalização das calçadas em um quarteirão de um bairro em Goiânia. Além do foco na acessibilidade - com colocação de itens como piso tátil, guias rebaixadas, entre outros, a Calçada Consciente contempla pilares de sustentabilidade, se preocupação com o meio ambiente. A elaboração, desenvolvimento e supervisão das obras da Calçada Consciente ficaram a cargo da Pirâmide Engenharia. A Consciente Construtora assumiu todos os custos e forneceu toda mão de obra necessária para a execução dos projetos.

MUSEU DE ARTE MODERNA DE SÃO PAULO

Cidade/Estado: São Paulo/SP

Projeto de Inclusão: Desenvolveu o programa Igual Diferente que visa possibilitar aos usuários de instituições para uma participação em cursos de arte. Um exemplo de curso é o Aprender para Ensinar: destinado à formação de educadores surdos para mediar a relação público-obra de arte no espaço do museu, na Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Categoria: Esportes

ANA RUTH FONDELI SEIXAS

Tipo de Deficiência: Visual

Cidade/Estado: Taubaté/SP

Sua história: Portadora de retinose pigmentar, doença progressiva e degenerativa. Atualmente enxerga apenas vultos e percepção de luz. Há cinco descobriu no atletismo um potencial que até então desconhecia e, com apenas dois meses de treinamento, conquistou sua primeira medalha em uma competição nacional para deficientes visuais praticando arremesso de peso e lançamento de dardo, nos quais tem conseguido resultados expressivos em diversas competições nacionais. É vencedora em provas de velocidade em competições regionais e estaduais e, desde 2005, tem sido destaque no esporte em sua cidade.

EDSON DANTAS DE OLIVEIRA

Tipo de Deficiência: Física

Cidade/Estado: São Paulo/SP

Sua história: Sofreu um acidente que o levou à amputação da perna direita. Após colocar a prótese e passar por um longo processo de reabilitação, recuperou sua auto-estima e voltou a trabalhar, jogar bola e exercer suas atividades cotidianas. Em 2000, começou a se dedicar à corrida. Além das vitórias pessoais, é considerado um dos melhores atletas brasileiros amputado de membro inferior nas distâncias de 5.000 e 10.000 metros. Também é representante do Projeto Próximo Passo, que desenvolve e executa ações e contribui para a melhoria da vida das pessoas com deficiência. Edson é bicampeão da Maratona de Nova York.

YOHANSSON DO NASCIMENTO FERREIRA

Tipo de Deficiência: Física

Cidade/Estado: Maceió/AL

Sua história: Uma má formação congênita de membros superiores deixou esta jovem promessa do paradesporto nacional sem as mãos. O interesse pelo esporte começou 2005 e em muito pouco tempo ingressou na seleção brasileira. O corredor já disputou várias competições importantes e atualmente está entre os melhores velocistas do mundo, na classe T45.

Categoria: Gente como a Gente

EDVAN DIAS DE SOUZA

Tipo de Deficiência: Física

Cidade/Estado: Maringá/PR

Sua história: As dificuldades motoras em decorrência de uma paralisia cerebral não o impedem de trabalhar com esculturas de argila e desenvolver obras que já foram expostas em sua cidade.

ISIS MARIA DE ALMEIDA RAMOS

Tipo de Deficiência: Física

Cidade/Estado: Campinas/SP

Sua história: Portadora de Artrogripose múltipla congênita, ela conseguiu vencer as barreiras do preconceito, estudando, dançando e sonhando com a formação de professora para transmitir sua experiência de vida a alunos com deficiência. Formou-se em Pedagogia, foi aprovada em concurso, na Prefeitura Municipal de Paulínia como professora de educação especial atuando na inclusão de bebês com deficiência na estimulação precoce. Locomove-se com autonomia em seu carro adaptado. Participa efetivamente no movimento de luta pelos direitos das pessoas com deficiência. Sendo a artrogripose uma deficiência pouco pesquisada e disseminada no Brasil, faz de sua vida uma instigante fonte de conhecimento.

PATRÍCIA NEVES RAPOSO

Tipo de Deficiência: Visual

Cidade/Estado: Brasília/DF

Sua história: Pedagogia, mestre em Educação pela Universidade de Brasília (UnB), graduada e Pós-graduada (lato sensu) em Educação Especial e Infantil. Atua como professora da Área de Educação Inclusiva na Faculdade de Educação da UnB. Professora da Secretaria de Educação do Distrito Federal (SEDF) e Assistente da Diretoria de Ensino Especial e na Divisão de Ensino Especial, na função de Coordenadora no Setor de Deficiência - Área de Deficiência Visual. É membro da Comissão Brasileira de Braille - Secretaria de Educação Especial do Ministério da Educação (MEC). Ministra cursos na área de Deficiência Visual e realiza pesquisas sobre Tecnologia Assistiva e o Ensino de Química para Alunos Deficientes Visuais na Universidade de Brasília (UnB).

Categoria: Literatura

DIVINA CÉLIA GARCIA

Tipo de Deficiência: Física

Cidade/Estado: Naviraí/MS

Sua história: Seus oito livros já publicados desde 1990 trazem em suas páginas vários momentos da trajetória da autora, paraplégica, que optou pela carreira literária para enfrentar os desafios para a conquista de sua independência.

HÉLIO DE ARAÚJO

Tipo de Deficiência: Física

Cidade/Estado: Petrolina/PE

Sua história: O livro ANDANÇAS conta sua trajetória após o acidente de moto que mudou completamente o seu modo de viver, devido às limitações físicas adquiridas. Em outro livro de sua autoria: O QUARTETO O QUARTETO o autor desenvolve um enredo simples, mostrando situações que acontecem com pessoas com deficiência. Tudo isso aliado a uma trama bem urdida na qual o leitor vai sendo gradativamente envolvido.

THIAGO RIBEIRO SANTOS

Tipo de Deficiência: Múltipla

Cidade/Estado: Rio de Janeiro/RJ

Sua história: Autor de ESPERANÇA SEM FIM traz o depoimento de uma batalha sem trégua pela conquista de cada dia. Em meio há uma vida que muitos julgam ser difícil por causa do acidente que o deixou tetraplégico. Para ele, a verdadeira força vem da esperança do amor e de transformar o impossível em possível. Visando uma vida melhor e querendo compartilhar sua experiência com outras pessoas criou um blog, como forma de demonstrar ao mundo que enquanto há vida há Esperança Sem Fim. www.espelhodaseras.blogspot.com.

Categoria: Terceiro Setor