Notícia

MCTIC - Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações

Prêmio Péter Murányi recebe trabalhos sobre alimentação até dia 30

Publicado em 09 setembro 2015

Termina no dia 30 o prazo para envio dos trabalhos que concorrerão ao Prêmio Péter Murányi 2016, no valor de R$ 200 mil. O tema desta edição é "Alimentação". Cada instituição – universidades, faculdades e institutos de pesquisa – poderá concorrer com até dois trabalhos.

Além do caráter inovador, serão aceitas apenas pesquisas com aplicabilidade prática e que contribuam para a melhoria da qualidade de vida das populações de países em desenvolvimento. Os trabalhos serão avaliados por uma comissão técnica e científica, que selecionará três finalistas para o júri.  A escolha do vencedor, pelo júri, ocorrerá em fevereiro.

A premiação será realizada no mês de abril, em uma cerimônia em São Paulo. O vencedor, além do prêmio em dinheiro, receberá um troféu. Já os demais finalistas, menção honrosa e diploma. Todos terão a oportunidade de apresentar seus trabalhos em uma sessão especial na 68ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que ocorrerá em Porto Seguro (BA), em julho.

Veja o regulamento no site www.fundacaopetermuranyi.org.br. Mais informações pelo telefone (11) 3873-2887.

Sobre o Prêmio

Realizado anualmente pela Fundação Péter Murányi (FPM), o Prêmio contempla alternadamente quatro áreas: saúde, educação, alimentação e desenvolvimento científico e tecnológico. Desde que foi instituído, foram concedidos cerca de R$ 2 milhões em prêmios.

A iniciativa conta com o apoio de diversas entidades e órgãos do governo, a exemplo da Academia Brasileira de Ciências (ABC), da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCTI), da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), da Associação Nacional de Pesquisa e Desenvolvimento das Empresas Inovadoras (Anpei) e do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE).

Por Ascom da FPM