Notícia

Agência C&T (MCTI)

Prêmio Fundação Bunge obtém número recorde de indicações na categoria Juventude

Publicado em 01 julho 2008

A Fundação Bunge recebeu de entidades científicas e culturais e universidades 118 indicações para o Prêmio Fundação Bunge deste ano. A categoria juventude recebeu número recorde de inscrições em seus 53 anos de existência: foram 24 indicações apenas para o tema Literatura.

O prêmio é considerado um dos mais importantes estímulos à produção intelectual por reconhecer o trabalho de personalidades que contribuem para o desenvolvimento do Brasil. Em 2008, serão agraciados profissionais de dois setores: Literatura, na área de Letras, e Agrometeorologia, na área de Ciências Agrárias. Serão contempladas quatro personalidades brasileiras das áreas escolhidas – metade na categoria Vida e Obra e metade na categoria Juventude para jovens de até 35 anos.

Em junho, uma Comissão Técnica, composta por especialistas para cada ramo de premiação, pré-seleciona dois nomes em cada ramo do conhecimento, indicando-os para a decisão do Grande Júri, que acontece em agosto. No caso dos jovens talentos, a Comissão Técnica escolhe diretamente os homenageados.

A entrega dos prêmios ocorrerá em setembro. Os contemplados receberão medalhas de ouro e prata, diplomas em pergaminho e um prêmio de R$ 40 mil para a categoria Juventude e R$ 100 mil para a categoria Vida e Obra.

Um pouco de história

O Prêmio foi criado em 1955 como parte das comemorações do cinqüentenário da S/A Moinho Santista Indústrias Gerais. Há 53 anos, sob a responsabilidade da Fundação Bunge, já contemplou mais de 130 personalidades dos mais diversos ramos do conhecimento.

Em 1980, a Fundação Bunge criou a categoria Juventude, com a mesma abrangência, porém destinado a jovens de até 35 anos de idade que tenham defendido teses de mestrado, doutorado, ou se sobressaído em algum trabalho no ramo escolhido como tema naquele ano.

Na história do Prêmio, já foram homenageadas personalidades como Carlos Chagas Filho, Érico Veríssimo, Hilda Hilst, Jorge Amado, Manuel Bandeira, Miguel Reale, Paulo Freire, Rachel de Queiroz, Oscar Niemeyer, Débora Bloch, Antônio Houaiss, Celso Lafer, Ligia Fagundes Telles entre outras. A galeria dos mais de 130 contemplados está disponível para consulta no endereço da Fundação Bunge na Internet: www.fundacaobunge.org.br

Sobre a Fundação Bunge

Criada em 1955, a Fundação Bunge, entidade social das empresas Bunge no Brasil, tem suas atividades focadas na área da educação, com ênfase no ensino fundamental. Valoriza o conhecimento, incentiva o voluntariado e promove ações educativas e de preservação da memória empresarial. Dentre as iniciativas realizadas, destacam-se o programa de voluntariado corporativo Comunidade Educativa, o Centro de Memória Bunge, o Prêmio Fundação Bunge e o Prêmio Professores do Brasil, além do ReciCriar – A Pedagogia do Possível.