Notícia

Informe MS

Prêmio Ford de Conservação Ambiental anuncia vencedores

Publicado em 02 dezembro 2008

A Conservação Internacional (CI-Brasil) e a Ford anunciaram os ganhadores da 13ª edição do Prêmio Ford de Conservação Ambiental. Cada um recebeu um troféu e prêmio no valor de R$ 20 mil.

O vencedor na categoria Negócios em Conservação foi o Programa de Adequação Ambiental de Propriedades Rurais, desenvolvido pelo Laboratório de Ecologia e Restauração Florestal (Lerf) do Departamento de Ciências Biológicas da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo.

Um dos responsáveis pelo Lerf é o professor Ricardo Ribeiro Rodrigues, coordenador do programa Biota-Fapesp. O projeto aprovado, “Restauração Florestal e Aproveitamento Econômico”, tem o objetivo de restaurar florestas nativas de Mata Atlântica com o propósito de recuperar e conservar a biodiversidade regional.

Segundo a CI-Brasil, a conquista foi devido à amplitude do trabalho, realizado tanto em áreas de reserva legal como em áreas de baixa aptidão agrícola, e ao desenvolvimento de um serviço ambiental futuro de manejo florestal, restaurando a biodiversidade local e aferindo o retorno econômico. Além disso, o programa ainda atua na geração de empregos, renda e capacitação para os restauradores envolvidos no trabalho.

Na categoria Conquista Individual, a ganhadora foi a antropóloga Mary Helena Allegretti, pela formulação do conceito de reservas extrativistas, de acordo com a luta do líder sindical seringalista e ambientalista Chico Mendes (1944-1988), possibilitando a permanência de seringueiros e populações tradicionais na floresta amazônica.

Professora visitante nas universidades de Chicago, Flórida, Wisconsin-Madison e Yale, Mary foi secretária de Coordenação da Amazônia do Ministério do Meio Ambiente de 1999 a 2003.

O Prêmio Ford de Conservação Ambiental na categoria Ciência e Formação de Recursos Humanos foi para o Instituto Terra, do fotógrafo Sebastião Salgado. A Escola Municipal de Ensino Fundamental 25 de Julho, em Campo Bom (RS), foi a ganhadora na categoria Meio Ambiente nas Escolas e a empresa Magneti Marelli ficou com o prêmio na categoria Fornecedor (que não conta com prêmio em dinheiro).

O Prêmio Ford de Conservação Ambiental, realizado desde 1996, é considerado hoje um dos reconhecimentos mais importantes na área ambiental do Brasil. Ao longo destes 13 anos, a iniciativa já premiou 60 personalidades e entidades dedicadas às causas ambientais, somando cerca de 1,7 mil projetos inscritos, vindos de todas as regiões do Brasil.

Fonte: Agência Fapesp