Notícia

Capes

Prêmio FCW de Ciência e Cultura anuncia vencedores

Publicado em 15 dezembro 2010

A Fundação Conrado Wessel (FCW) divulga os vencedores da 9ª edição do Prêmio FCW Ciência e Cultura 2010. Após a análise das indicações feitas por mais de 150 instituições de ensino e pesquisa de todo o país, os nomes escolhidos para as três categorias da premiação foram: Ciência: Jairton Dupont, do Instituto de Química, Departamento de Química Orgânica da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS); Medicina: Dra. Angelita Habr-Gama, professora titular de cirurgia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP); e Cultura: Nelson Pereira dos Santos, diretor de cinema.

Cada vencedor receberá um prêmio de R$ 300 mil, incluindo encargos fiscais. Os júris das categorias são compostos por especialistas, indicados pelas entidades parceiras da FCW: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Conselho Nacional das Fundações de Amparo à Pesquisa (Confap), Academia Brasileira de Letras (ABL), e Academia Brasileira de Ciências (ABC).

Vencedores

O químico Jairton Dupont é professor associado do Departamento de Química Orgânica da UFRGS desde 1992. Formou-se em química pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC/RS) e doutorou-se pela Universidade Louis Pasteur de Strasbourg, França. O pós-doutoramento foi feito no Dyson Perrins Laboratory, Universidade de Oxford, Inglaterra. Dupont desenvolve projetos de pesquisa em catálise e publicou mais de 160 artigos em periódicos internacionais. O pesquisador tem 13 patentes e seus trabalhos publicados entre 1996 e 2006 receberam mais de 6 mil citações. É membro titular da Academia Brasileira de Ciências desde 2005, recebeu a medalha Simão Mathias da Sociedade Brasileira de Química e foi contemplado com o Humboldt Young Research Award (Alemanha). Em 2007, ganhou o prêmio Scopus da Elsevier-Capes e em 2008 a medalha do Journal of the Brazilian Chemical Society, o Prêmio Finep Inventor-Inovador e o World Intellectual Property Organization Award.

Angelita Habr-Gama, ganhadora na categoria Medicina, é professora titular da Faculdade de Medicina da USP, onde também realizou o doutorado e a livre-docência. É presidente da International Society of University Colon and Rectal Surgeons (2008-2010) e do Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva. Foi indicada pela Organização Mundial de Gastroenterologia como coordenadora no Brasil do Programa de Prevenção do Câncer Colorretal. Fundou e preside a Associação Brasileira de Prevenção do Câncer de Intestino. Entre outras distinções, é membro honorário da sociedade científica American Surgical Association desde 2002 - foi a primeira mulher a receber esse título - e do American College of Surgeons, desde 2004. Foi a primeira médica latino-americana e a primeira mulher a integrar o seleto grupo de 17 membros honorários da European Surgical Association, em 2006. Criou a disciplina de Coloproctologia do Hospital das Clínicas da FMUSP. Publicou 272 artigos em periódicos científicos, 53 deles publicados em revistas internacionais indexadas

O cineasta Nelson Pereira dos Santos é também imortal da Academia Brasileira de Letras (ABL), o primeiro diretor de cinema a entrar para a Casa fundada por Machado de Assis. Santos talvez seja o cineasta que mais levou às telas trabalhos de escritores brasileiros, como Vidas Secas, livro de Graciliano Ramos considerado também uma obra-prima do cinema nacional. Paulistano, o diretor é doutor honoris causa da Universidade de Paris X - Nanterre e professor emérito da Universidade Federal Fluminense (UFF). Fez 25 filmes. O primeiro foi o curta-metragem Juventude, em 1949; e o mais recente é de 2009, o documentário Português, a língua do Brasil.

Conrado Wessel

A Fundação Conrado Wessel (FCW) foi criada em 1994, após o falecimento do fotógrafo Ubaldo Augusto Conrado Wessel, que explicitou em testamento seu desejo de criar uma fundação voltada para a filantropia, o fomento e apoio às atividades culturais, artísticas e científicas no Brasil. A Fundação distribui, anualmente, desde 2003, mais de R$ 1,2 milhão em prêmios, por meio dos Prêmios FCW de Arte, Ciência e Cultura.

A FCW também contribui com cinco entidades indicadas pelo seu instituidor. São elas: Corpo de Bombeiros da Policia Militar do Estado de São Paulo, Exército da Salvação, Aldeias Infantis SOS Brasil, Fundação Antonio Prudente (Hospital do Câncer) e a Associação Escolar Benjamim Constant. Além disso, uma outra entidade é selecionada todos os anos para que possa ser beneficiada financeiramente.

(Com informações da FCW)