Notícia

Planeta Universitário

Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero recebe inscrições até dia 30

Publicado em 11 setembro 2013

Estão abertas, até 30 de setembro, as inscrições para a nona edição do Prêmio Construindo a Igualdade de Gênero. O concurso é uma iniciativa da Secretaria de Políticas para as Mulheres (SPM), do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), do Ministério da Educação (MEC) e da ONU Mulheres e premia redações, artigos científicos e projetos pedagógicos na área das relações de gênero, mulheres e feminismo. Com o objetivo de incentivar a reflexão crítica e a pesquisa acerca das desigualdades entre homens e mulheres, o evento premiará as melhores produções relacionadas à situação da mulher no país.

Os candidatos podem se inscrever em uma das cinco categorias disponíveis no concurso: mestre e estudante de doutorado; graduado, especialista e estudante de mestrado; estudante de graduação; estudante do ensino médio; e escola promotora da igualdade de gênero.

Aos candidatos da categoria mestre e estudante de doutorado é exigida a produção de um artigo científico de 20 a 30 páginas; os autores dos dois melhores textos receberão R$ 10 mil mais uma bolsa de doutorado no país.

Os dois vencedores da categoria graduado, especialista e estudante de mestrado receberão R$ 8 mil e uma bolsa de mestrado no país. Os artigos científicos, neste caso, devem ter de 15 a 20 páginas.

Os artigos científicos da categoria estudantes de graduação devem ter de 10 a 15 páginas e os dois melhores receberão R$ 5 mil e uma bolsa de iniciação científica de 12 meses.

O concurso na categoria voltada a estudantes de ensino médio ocorrerá em duas etapas. Na primeira delas, a melhor redação de cada uma das 27 unidades da federação poderá receber computadores com monitor LCD. Na etapa nacional, os autores dos três melhores trabalhos já premiados na primeira etapa receberão um laptop com impressora e uma bolsa de iniciação científica júnior, com vigência de 12 meses.

Na categoria Escola Promotora da Igualdade de Gênero poderão concorrer escolas que estejam desenvolvendo projetos e ações pedagógicas na comunidade escolar para a promoção da igualdade de gênero ou que as tenham desenvolvido no ano anterior. Uma escola por unidade da federação receberá a quantia de R$10 mil para aplicar em ações de promoção da igualdade de gênero.

A divulgação dos resultados ocorrerá no site do evento e a cerimônia de entrega dos prêmios ocorrerá em Brasília, no ano que vem.

Mais informações: www.igualdadedegenero.cnpq.br

Agência FAPESP