Notícia

Plantão News (MT)

Prêmio Capes de Tese de 2017 anuncia vencedores

Publicado em 12 dezembro 2017

O Grande Prêmio Capes de Tese 2017 anunciou as pesquisas vencedoras: Amanda Costa Thomé Travincas com a tese “A tutela jurídica da liberdade acadêmica no Brasil: a liberdade de ensinar e seus limites”, da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS); Mychael Vinícius da Costa Lourenço, com a tese “Mecanismos de estresse neuronal, disfunção sináptica e neuroproteção em modelos experimentais da Doença de Alzheimer”, pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ); e Tiago Barbin Batalhão, com a tese “Avanços teóricos e experimentais em Termodinâmica Quântica” da Universidade Federal do ABC (UFABC). O anúncio foi feito na cerimônia de premiação, em Brasília, no dia 7 de dezembro de 2017.

O Prêmio teve cinco pesquisas com apoio Fapesp selecionadas entre as melhores teses de doutorado defendidas no Brasil no ano de 2016. As teses selecionadas com financiamento da Fapesp foram: “Detecção e eliminação de ruídos para problemas de classificação”, por Luís Paulo Faina Garcia (Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação da USP de São Carlos); “Hurdles and potentials in value-added use of peanut and grape by-products as sources of phenolic compounds”, por Adriano Costa de Camargo (Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz – Esalq – da USP); “Mudanças climáticas: impactos na produtividade e adaptações necessárias ao cultivo da soja na região Centro-Sul do Brasil”, por Rafael Battisti (Esalq-USP); “Associação da expressão de CD39 em células Tregs com a eficácia terapêutica do metotrexato no tratamento da artrite reumatoide”, por Raphael Sanches Peres (Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP); e “Estrutura eletrônica de materiais orgânicos para aplicações em camadas ativas de células solares”, por Eliezer Fernando de Oliveira (Faculdade de Ciências da Unesp).

O Prêmio consiste em diploma, medalha e bolsa de pós-doutorado nacional de até 12 meses para o autor da tese; auxílio para participação em congresso nacional, para o orientador, no valor de R$ 3 mil; distinção a ser outorgada ao orientador, coorientador e ao programa em que foi defendida a tese; além de passagem aérea e diária para o autor e um dos orientadores da tese premiada para que compareçam à cerimônia de premiação.

Já o Grande Prêmio, que teve as três teses vencedores, consiste em certificado de premiação, troféu e bolsa de pós-doutorado internacional de até 12 meses para o autor da tese; auxílio para uma participação em congresso internacional, para o orientador, no valor de R$ 9 mil; certificado de premiação ao orientador, coorientador e ao programa em que foi defendida a tese; e passagem aérea e diária para o autor e um dos orientadores da tese premiada para que compareçam à cerimônia de premiação. Pela Fundação Conrado Wessel, são oferecidos três prêmios no valor de US$ 15 mil cada um para cada premiado nas três grandes áreas.

A lista completa das teses selecionadas do Prêmio está disponível no site da Capes.

Para mais informações sobre a premiação acesse: http://www.capes.gov.br/sala-de-imprensa/noticias/8670-premio-capes-de-tese-2017-consagra-melhores-trabalhos-de-doutorado-do-pais.

Agência Fapesp