Notícia

Revista Amazônia

Prêmio Capes de Tese 2020 divulga lista de vencedores

Publicado em 06 outubro 2020

Por Revista Amazônia

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) divulgou o resultado do Prêmio Capes de Tese Edição 2020, concedido às melhores teses de doutorado defendidas em 2019. Em sua 15ª edição, foram escolhidos 49 trabalhos científicos, sendo 17 de bolsistas ou ex-bolsistas da FAPESP.

Entre os trabalhos de bolsistas e ex-bolsistas estão: Bruno Seravali Moreschi, na área de artes, pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp); Pedro Simoni Pasquini, na área de astronomia/física, pela Unicamp; Paulo Gonzalez Hofstatter, na área de biodiversidade, pela Universidade de São Paulo (USP); Henrique Ferraz de Arruda, na área de ciência de computação, pela USP; Victor Augusto Araújo Silva, na área de ciências políticas e relações internacionais, pela USP; Carolini Kaid Dávila, na área de ciências biológicas I, pela USP; Renan Villanova Homem de Carvalho, na área de ciências biológicas III, pela USP de Ribeirão Preto (SP); e Danilo de Oliveira Silva, na área de educação física, pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) de Presidente Prudente (SP).

Também receberam a premiação entre os bolsistas e ex-bolsistas da FAPESP: Isnaldi Rodrigues de Souza Filho, na área de engenharias II, pela USP; Kenzo Sasaki, na área de engenharias III, pelo Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA); Fabricio dos Santos Prol, na área de geociências, pela Unesp de Presidente Prudente; Carolina Batista Israel, na área de geografia, pela USP; Fernanda Rodrigues de Miranda, na área de linguística e literatura, pela USP; Giovanny Carvalho dos Santos, na área de materiais, pela Unesp de Bauru (SP); Gabriel Romero Liguori, na área de medicina III, pela USP; João Gabriel Silva Souza, na área de odontologia, pela Unicamp de Piracicaba (SP); e Jaqueline Goes de Jesus, na área de medicina II, pela Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Criado em 2005, o Prêmio Capes de Tese é fruto de parceria entre a Capes, a Fundação Carlos Chagas, a Comissão Fulbright e o Instituto Serrapilheira. Os critérios de premiação consideram a originalidade do trabalho, sua relevância para o desenvolvimento científico, tecnológico, cultural, social e de inovação e o valor agregado pelo sistema educacional ao candidato.

Entre os trabalhos selecionados serão escolhidos os vencedores do Grande Prêmio de cada uma das três grandes áreas do conhecimento: Ciências da Vida, Humanidades e Exatas. A cerimônia acontecerá em dezembro de 2020.

A lista completa dos trabalhos escolhidos e das menções honrosas está disponível no site da Capes.

.

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
Digital Rádio e TV Tá Sabendo? USP São Carlos USP São Carlos