Notícia

Jornal de Vinhedo online

Prefeitura começa a utilizar aplicativo para realizar censo animal

Publicado em 29 agosto 2019

A Prefeitura de Vinhedo, por meio da Secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo, começou a utilizar um aplicativo digital para censo e identificação de cães e gatos, tanto os de estimação, quanto os que estão em situação de rua. O anúncio foi feito na última semana e ocorre dois anos depois da vereadora Flávia Bitar (PDT) apresentar a tecnologia à administração pública que seria disponibilizada gratuitamente ao município.

O CrowdPet usa a câmera do celular para realizar o cadastro e pode ser uma alternativa frente aos sistemas usados, como a microchipagem, geralmente cara e invasiva. “Fizemos uma emenda impositiva pela Câmara para disponibilizar este serviço à população. Estamos fazendo um trabalho junto ao meio ambiente para disponibilizar essa tecnologia para Vinhedo em conjunto com outras iniciativas voltadas ao bem-estar animal, como a vinda do Castramóvel para a cidade", explica a vereadora.

Segundo a Prefeitura, neste primeiro momento o serviço será oferecido para os agentes municipais, que já estão realizando o cadastro, e para os veterinários interessados. "Nossa intenção é registrar todos os animais de Vinhedo e em breve disponibilizar o aplicativo para toda a população”, destacou o prefeito Jaime Cruz (PSDB).

O sistema armazena dados de saúde de cães e gatos e podem ser acessado por veterinários e profissionais dos centros de zoonoses. Além de realizar o censo de animais, pode ser uma alternativa a mais para encontrar animais abandonados, já que no sistema há os dados do proprietário.

Até o final do ano a Prefeitura realizará 800 castrações gratuitas no município, a intenção é utilizar o mesmo cadastro para realizar o censo. Os profissionais do Departamento de Bem-Estar Animal estão visitando conjuntos habitacionais para inscrever os bichinhos que precisem passar pela castração e consequentemente registrar no CrowdPet.

O CrowdPet foi desenvolvido em Campinas em uma empresa incubadora da Unicamp, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo – Fapesp. A proposta da empresa é lançar o aplicativo para a população nas lojas virtuais de apps nos próximos meses. Em Vinhedo, nesta primeira fase, apenas agentes da Semaurb e do Centro de Zoonoses têm acesso ao app.

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
G1 Rádio Blog Peão Minha Campinas Prefeitura Municipal de Vinhedo Plantão Diário