Notícia

Gazeta do Povo online

Pouca massa muscular indica risco de morte 63 vezes maior em idosas

Publicado em 14 agosto 2019

Com o passar da idade, os parâmetros que indicam uma boa saúde não são apenas os valores que aparecem nos exames solicitados pelos médicos, mas no próprio relato do paciente idoso. Ele caminha bem, sem muita dificuldade? Tem força nos braços para carregar as próprias compras?

Quando a resposta é positiva a essas questões, o médico geriatra sabe que o paciente pode ter alguns bons anos pela frente — e pesquisadores da USP trouxeram novos dados para essa discussão.

Ao acompanharem um grupo de 839 idosos durante um período de quatro anos, os estudiosos da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FM-USP) perceberam que avaliar a massa muscular de braços e pernas (regiões conhecidas pelos especialistas como “apendicular”) de pessoas acima de 65 anos é uma ferramenta eficaz na estimativa da longevidade do paciente idoso.

Em mulheres com pouca massa muscular nessas regiões, por exemplo, percebeu-se que o risco de mortalidade geral durante o período foi quase 63 vezes maior que em relação às mulheres com mais massa muscular. Entre os homens, especialmente aqueles que tinham uma baixa massa muscular logo na primeira avaliação, o risco de mortalidade foi 11,4 vezes maior.

“Avaliamos a composição corporal da nossa população, com ênfase na massa muscular apendicular, gordura subcutânea e gordura visceral. Em seguida, buscamos identificar quais desses fatores poderiam predizer a mortalidade nos anos seguintes. A quantidade de massa magra nos membros superiores e inferiores foi o que mais se destacou na análise”, diz Rosa Maria Rodrigues Pereira, professora de Reumatologia da FM-USP e coordenadora da pesquisa, em entrevista à Agência FAPESP. Os resultados do estudo foram divulgados no Journal of Bone and Mineral Research, em março desse ano.

Mulheres em maior risco?

Apesar dos diferentes fatores que podem influenciar na longevidade do paciente idoso, os pesquisadores perceberam que a massa muscular reduzida foi, sozinha, uma variável muito importante, especialmente na avaliação das mulheres.

De acordo com Renato Bandeira de Mello, médico geriatra, diretor científico da Sociedade Brasileira de Geriatria e Gerontologia (SBGG) e professor da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), homens tendem a desenvolver uma reserva muscular maior ao longo da vida, ao contrário das mulheres, o que explicaria a diferença.

“Por mais que ele [homem idoso] perca [massa muscular], ainda tem uma reserva muscular suficiente para se manter funcional. Outras questões que diferenciam são os hormônios, principalmente a testosterona, que tende a dar maior longevidade à capacidade muscular no homem do que na mulher”, explica o especialista.

Para Rosa Maria, coordenadora da pesquisa, os hormônios femininos e a menopausa também têm seu papel nessa diferença. Conforme a pesquisadora citou à Fapesp:

“Talvez a transição rápida e significativa de um ambiente estrogênico protetor para um ambiente hipoestrogênico deletério – principalmente no que se refere ao sistema cardiovascular – faça com que o papel metabólico protetor da musculatura esquelética, que inclui a produção de citocinas anti-inflamatórias, ganhe importância na pós-menopausa. Essa alteração hormonal é muito menos abrupta nos homens.”

Ainda que tivessem diferenças entre os gêneros com relação ao risco de mortalidade, os voluntários da pesquisa que morreram durante o período de estudo eram, em geral, mais velhos, mais sedentários, com doenças crônicas, como diabetes e cardiovasculares.

Menos músculo, mais quedas

Quando pensamos em pouca massa muscular em idosos e o aumento no risco de mortalidade, é impossível não associar às temidas quedas. Mas essa não é a única conclusão possível.

Conforme explica o médico geriatra Renato de Mello, a massa muscular é um indicativo claro da reserva funcional do corpo humano. “A perda de massa muscular seria um indicador que o corpo como um todo está começando a falhar, ou a perder as suas capacidades orgânicas e sistêmicas.”

E, por isso mesmo, é também uma preocupação constante entre os geriatras, que aplicam como rotina no consultório a medição da circunferência da panturrilha.

“Se o valor [da circunferência da panturrilha] estiver abaixo do esperado, já aumenta o risco de mortalidade. Essa é uma das regiões do corpo com pouco impacto no ganho ou perda de peso. A perda de massa muscular está diretamente associada à mortalidade porque torna o idoso dependente. Ele já come menos e tem menos apetite, é mais sedentário e fica mais doente. Tudo isso acelera a perda de massa muscular”, explica Debora Christina de Alcântara Lopes, médica geriatra e diretora científica da SBGG – seção Paraná.

De outros testes feitos em consultório para medir a perda de massa muscular, Debora cita a pressão das mãos, que avalia a função da musculatura dos membros superiores, e a velocidade de marcha, onde é solicitado ao idoso fazer uma caminhada de poucos minutos. “Se a velocidade que o idoso atingir for inferior a 0,8 m/s [metros por segundo], é um indício de uma marcha diminuída, que aumenta o risco de mortalidade e a perda de funcionalidade”, explica a geriatra, que também é coordenadora do serviço de Geriatria do Hospital das Clínicas da Universidade Federal do Paraná (HC/UFPR).

Idoso tem que andar

De nada adianta chegar aos 80 anos e só então se preocupar com a massa muscular ou com a própria saúde. Ser fisicamente ativo, com exercícios aeróbicos (como corrida ou natação) e de resistência/força (como aparelhos na academia), deve ser rotina desde muito antes.

Ainda assim, entre os idosos, a prática não deve ser desaconselhada, principalmente pelos familiares:

“Idosos de hoje vinham de uma cultura diferente, onde o idoso era mais independente. Hoje o idoso não pode caminhar, não pode cuidar de casa e isso impacta muito na saúde dele. O que mais garante a qualidade de vida é a atividade física, seja natação, musculação, mas também os exercícios em casa. Se o idoso quer carpir o quintal, é um exercício de força, deixe ele carpir”, sugere Debora Lopes, geriatra.

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
O Globo online Estadão.com Folha.com Portal Exame UOL O Estado de S. Paulo Portal R7 Record TV Folha de S. Paulo Portal R7 Portal R7 UOL Agência Brasil BOL IstoÉ online IstoÉ Dinheiro online Empresas & Negócios Sinsaúde UNICAMP - Universidade Estadual de Campinas Mais Expressão Medicina S/A A1 minuto Extra (Rio de Janeiro, RJ) Extra (Rio de Janeiro, RJ) online Só Fatos Hospital Santa Maria Metro Jornal online Planeta Universitário Terra Diário da Saúde O Tempo (Contagem, MG) online O Tempo online Pampulha online Saúde é Vital online BeefPoint Rádio 94Fm Dourados Itaporã News Blog do Toninho Abradilan - Associação Brasileira dos Distribuidores de Laboratórios Nacionais Jornal da Ciência online Jornal Ação Popular Metro Jornal Metro Jornal ABC Metro Jornal Curitiba Metro Jornal Espírito Santo Revista Amazônia Portal da Enfermagem Super Notícia 91,7 FM Tito Volei Jequié Folhamax Portal do Governo do Estado de São Paulo SBNotícias Amazônia Brasil Rádio Web Jornais Virtuais CatanduvasMais O Sul online Jornais Virtuais Planeta online SBT Abradilan - Associação Brasileira dos Distribuidores de Laboratórios Nacionais Abradilan - Associação Brasileira dos Distribuidores de Laboratórios Nacionais Espaço Ecológico no Ar Jornal Joseense News Q Sacada ANADEM - Sociedade Brasileira de Direito Médico e Bioética Meridional FM Correio Independente Planeta online O Nortão online Terceira Idade Conectada Saúde Curiosa Professor José Costa Ro24horas Sapé na Web Portal Correio Uiraúna.net TV Cariri Zero83 IBahia.com Folha Vitória online Tribuna (Ribeirão Preto, SP) online Garça Online Blog Institutoflash786 Notícias de Campinas ES Brasil online Farmacêutico Márcio Antoniassi Cassilândia Notícias Portal SBN A Gazeta (ES) Jornal de Piracicaba Abradilan - Associação Brasileira dos Distribuidores de Laboratórios Nacionais Portal do Governo do Estado de São Paulo Tudonoticia.org SBT Interior Jornal Cidade Diário do Grande ABC Revista News online Ao vivo de Brasília MT Agora MT Agora Notícia Agora MS Hoje Maracaju Speed Mix Vale Novoeste O Documento online O Estado RJ online O Fluminense online O Melhor da Notícia O Povo online Poliarquia Portal Agora no RS Portal Correio do Lago Sidrolândia News Sistema de Notícias Rádio Educadora de Sapeaçu Portal do Holanda Portal Guará Portal Lapada Lapada Primeira Hora SBT Interior The World News (Ucrânia/Brasil) Tucano FM Visão Cidade Aqui Acontece 180 Graus Gazeta online BHAZ Biguá News online Blog do Faroleiro Âncora News AVOL - Antônio Viana Online A Tribuna News ABC do ABC Agência BR Jornal Tijucas CGN ClickNews Brasília de Fato Correio de Notícias (PR) Daynews Diário Corumbaense online Central das Notícias Forte na Notícia Gazetaweb (Alagoas) Em Tempo (Manaus, AM) online JM1 Jornal de Piracicaba Jornal Dia Dia Jornal do Radialista Jornal Floripa Jornal Integração online Jornal O Debate (São Luís, MA) online Jornal Preliminar Folha Vitória online Hoje em Dia online Idest LiberaPensado.com Liberdades Ma10 BMNotícia Leia Notícias Urgente News Gazeta de S. Paulo online Mais Expressão Beto Ribeiro Repórter SBNotícias Rápido no Ar O Defensor online Correio Popular Notícia Já Bom Jardim Notícias Caderno B Acesse Notícias Alô Valparaíso Amazonas Total Expresso MT GR Notícias Guia Itaúna HiperNotícias Jornal Fatos & Notícias Manhuaçu News Maracaju em Foco Metropolitano Agora Jornal Comunidade Jornal da Cidade (Bauru, SP) online Jornal Roraima Hoje Preto no Branco Portal GRNews O Presente online Sinal Verde Mundo Positivo Zero Hora online AMRIGS - Associação Médica do Rio Grande do Sul Dr. Frederico Lobo Ecologia Médica Pensou em Sete Lagoas - MG? Jornal da Franca O Sul ABC do ABC Contexto Exato Maracaju em Foco Correio Popular online Jornal Preliminar Dourados Agora Ivi Notícias Intervalo da Notícia Folha de Petrolândia O Sul online Folha de Cianorte Jornal da Manhã (Uberaba, MG) online Paraíba Online Artrite Reumatóide Jornal de Itatiba Artrite Reumatóide Jornal Debate (Santa Cruz do Rio Pardo, SP) online Rádio Itatiaia Diário do Piauí Dom Total Espigão Alerta Folha Nobre Jornal O Condeeiro Miradouro Notícias Ms News Paiquerê FM 98.9 Portal Paraná Empresarial Porto FM 98,3 MHz Rádio Gazeta AM 1.260 KHz (Maceió, Alagoas) RIC Mais Portal da Cidade (Sinop) Alternativa Online (Japão) online Sociedade Científica MaisMaisMedicina PEBMED Galileu online Em Tempo (Manaus, AM) online Em Tempo (Manaus, AM) online Rádio Itatiaia Rádio Gazeta AM 1.260 KHz (Maceió, Alagoas) Notícia Agora Ms News Rádio Itatiaia Academia By Training Guia Limeira Cruzeiro FM 92.3 Fala Porto 93 Notícias Folha Nobre Interação Diagnóstica online Jornal Gazeta Med Imagem AMAGIS Projac Nh Tv Região Noroeste Jornal de Piracicaba - Piracicaba Click Sergipe Bonde Costa Rica News Geraldo Revista Comunhao Primeira Hora SC Estação Litoral SP Grupar e Encontrar Fasp Folha de Boa Vista Fundação JCR Instituto Melo Jornal Digital Lilicodoxum Associação Brasileira Superando o Lúpus Polo Xingu O Contexto Abraprev FCM Recomeçar Saúde & Direitos Sociais Lim HC Folha de Boa Vista Bonde Fitness Toda Hora Itaporã Agora Jornal Tamoios Saúde & Estilo Brasil Jornal Roteiro Amazônico