Notícia

CM Consultoria

Pós-doutorado para participar do LHC do Cern: duas bolsas serão financiadas pela Fapesp

Publicado em 14 dezembro 2013

O Centro de Pesquisa e Análise de São Paulo (São Paulo Research and Analysis Center - Sprace) está abrindo duas posições de pós-doutorado para pesquisadores que desejem trabalhar em associação com o grupo da Unesp que participa do experimento Compact Muon Solenoid (CMS) do Large Hadron Collider (LHC) do Cern. As bolsas serão financiadas pela Fapesp através de Projeto Temático (2013/01907-0).

 

O grupo de pesquisa do Sprace está engajado em duas áreas de análise do CMS:Física. Além do Modelo Padrão e Física de Íons Pesados, o Sprace também opera uma Tier-2 do Worldwide LHC Computing Grid (WLCG) e é responsável pela implantação do campus grid da Unesp (GridUnesp) que provê processamento de alto desempenho para mais de 50 grupos de pesquisa de diferentes área da universidade.

 

O Sprace está iniciando atualmente atividades de P&D para realização do desenho conceitual, simulação e prova de conceito do trigger de nível 1 para o detector de pixel do detector CMS.

 

Espera-se que o candidato tenha um papel de liderança nas atividades de análise de dados do Sprace, ajude no cumprimento das responsabilidades do grupo junto à colaboração, participe da P&D para o upgrade do CMS, interaja com os diferentes grupos de Física de Altas Energias do LHC, viaje regularmente ao Cern para realizar atividades in loco e dê o necessário apoio aos estudantes e estagiários do grupo.

 

Os candidatos devem possuir doutorado em física experimental de altas energias. A experiência prévia em um dos experimentos do LHC é desejável. Ele deve ser capaz de realizar pesquisa de forma independente e desenvolver análise de dados relacionada às áreas de interesse do grupo do Sprace.

 

O candidato deve ter forte motivação para participar de projetos desafiadores sem ser capaz de desenvolver um programa de pesquisa em análise física de dados, experiência em análise de dados em física de altas energias e interesse em instrumentação científica, capacidade de trabalhar de forma estruturada e produtiva em uma equipe multidisciplinar e excelente capacidade de comunicação em inglês.

 

As bolsas são concedidas inicialmente por um período de 2 anos, podendo serem prorrogadas até 4 anos, dependendo dos resultados das avaliações realizadas pela assessoria da Fapesp.

 

O valor mensal da bolsa fixado pela Fapesp é de R$ 5.908,80 (isento de impostos). Além da bolsa mensal, o candidato receberá passagem de/para São Paulo, auxílio instalação correspondente a um mês de salário, 15% do valor anual da bolsa para cobrir despesas com viagens, participação em conferências, compra de equipamentos, etc.

 

O Sprace está comprometido com os princípios de igualdade de oportunidade e de ação afirmativa. Candidatos com qualquer orientação sexual e membros de grupos minoritários são bem-vindos.

 

Para se inscrever, é preciso encaminhar, até 28 de fevereiro, uma carta propondo a candidatura, currículo contendo a experiência anterior, e pelo menos duas cartas de recomendação para Sérgio F. Novaes, pelo e-mail sergio.novaes@cern.ch.

Fonte: Folha Blumenauense - Blumenau/SC.