Notícia

Jornal Brasil

Pós-Doutorado em Políticas de Inovação na Unicamp

Publicado em 11 fevereiro 2016

O Departamento de Política Científica e Tecnológica do Instituto de Geociências da Universidade Estadual de Campinas (DPCT/IG-Unicamp) oferece uma vaga de Pós-Doutorado com bolsa da FAPESP. As inscrições serão recebidas até o dia 15 de fevereiro.

A oportunidade é voltada às áreas de Política de Inovação e Alianças Estratégicas e está vinculada ao projeto Sistemas de inovação, estratégias e políticas, integrante do Programa São Paulo Excellence Chair (SPEC).

A pesquisa será realizada em colaboração com o Professor Nicholas Vonortas (Washington University, Estados Unidos, e Unicamp) e o Professor André Tosi Furtado (DPCT/IG-Unicamp).

O candidato selecionado realizará pesquisas sobre a formação e o desempenho de parcerias e de redes de conhecimento entre empresas e/ou universidades e institutos públicos de pesquisa em setores intensivos em conhecimento estratégico para o Brasil – tais como energia, tecnologias de informação e comunicação, transporte e serviços intensivos em conhecimento.

Entre as funções do bolsista estarão: condução do projeto, desenvolvimento teórico, coleta e análise de dados globais, elaboração de artigos científicos e relatórios, publicação em revistas renomadas, participação em seminários e grupos de pesquisa, colaboração na submissão de novas propostas de pesquisa, organização de seminários anuais e de uma conferência internacional em junho de 2016.

Os candidatos devem ter doutorado em Administração, Economia, Sociologia, Administração Pública ou áreas correlatas, obtido há menos de cinco anos. É fundamental ter sólida formação em aspectos socioeconômicos do avanço tecnológico e da inovação e em política de Ciência, Tecnologia e Inovação, além de iniciativa em suas próprias pesquisas e forte habilidade analítica.

Terão preferência candidatos com linhas de pesquisa alinhadas às dos pesquisadores principais do InSySPo, particularmente aquelas dos professores Vonortas e Furtado.

A língua oficial do projeto é o inglês; conhecimentos de português são desejáveis, mas não fundamentais.

Interessados devem entrar em contato com a equipe do projeto, especialmente com o Professor Vonortas (vonortas@gwu.edu ou +1-202-378-6230).

As submissões podem ser encaminhadas via website do projeto ou diretamente ao e-mail do Professor Vonortas (nesse caso, enviar carta de apresentação, currículo atualizado, declaração de interesses de pesquisa, nomes de três profissionais que possam fornecer referências e uma descrição concisa do projeto de pesquisa proposto para a bolsa).

O resultado será anunciado na segunda quinzena de março de 2016.

A oportunidade está publicada no endereço www.fapesp.br/oportunidades/1007.

O selecionado receberá bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 6.143,40 mensais e Reserva Técnica. A Reserva Técnica da bolsa de PD equivale a 15% do valor anual da bolsa e tem o objetivo de atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista resida em domicílio diferente e precise se mudar para a cidade onde se localiza a instituição sede da pesquisa, poderá ter direito a um Auxílio-Instalação.

Mais informações sobre a bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em www.fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de bolsas de Pós-Doutorado, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades.

Fonte Agência FAPESP