Notícia

Revista Água e Efluentes online

Pós-doutorado em pesquisa sobre aquíferos

Publicado em 28 fevereiro 2012

Agência FAPESP - O Centro de Pesquisas de aguas Subterrâneas (Cepas), em conjunto com o Serviço Geológico Francês (BRGM), em Rennes, e a Universidade Federal de Pernambuco, desenvolve o Projeto Coqueiral (2012-2014), com apoio financeiro da Agence Nationale de la Recherche (ANR), da FAPESP e da Fundação de Amparo a Ciência e Tecnologia do Estado de Pernambuco (Facepe)

Inserido no projeto está o Temático "Identificação de fontes de salinização e poluição dos aquíferos da Região Metropolitana do Recife", que tem como objetivo principal identificar os processos de salinização e contaminação antrópica das águas dos aquíferos da Região Metropolitana do Recife, ambos sob os efeitos esperados das mudanças climáticas e das pressões socioeconômicas na região.

O Projeto Temático oferece uma oportunidade de pós-doutoramento. O candidato coordenará as atividades de campo de coleta de água, avaliação dos resultados hidrogeoquímicos e isotópicos, análise das transferências de massas entre sistemas, bem como auxiliará na construção de modelos de previsão em 3D.

Espera-se que o candidato tenha conhecimentos de hidrogeologia, hidrogeoquímica e hidroquímica isotópica, tenha concluído o doutoramento (DSc ou PhD) e seja fluente em inglês.

O contrato será de 24 meses, com Bolsa da FAPESP, e o candidato ficará sediado no Cepas (Instituto de Geociências da USP, em São Paulo), com atividades no Recife (Pernambuco) e em Rennes (França). Após seleção, o início é imediato.

Os interessados devem enviar, ao professor Ricardo Hirata, coordenador do Projeto Temático, no e-mail rhirata@usp.br, até o dia 1º de maio de 2012, os seguintes documentos: a) carta de apresentação justificando o interesse pelo trabalho; e/ou b) cópia do curriculum vitae completo e atualizado.

A vaga está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP (no valor de R$ 5.333,40 mensais) e Reserva Técnica. A Reserva Técnica de Bolsa de PD equivale a 15% do valor anual da bolsa e tem o objetivo de atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas a atividade de pesquisa.

O bolsista de PD, caso resida em domicílio diferente e precise se mudar para a cidade onde se localiza a instituição sede da pesquisa, poderá ter direito a um Auxílio Instalação. Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em www.fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de Bolsas de Pós-Doutorado, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em www.fapesp.br/oportunidades.

Fonte: Agência FAPESP