Notícia

Protec - Pró-Inovação Tecnológica

Pós-doutorado em nanomateriais com bolsa da FAPESP

Publicado em 06 junho 2019

Por Agência FAPESP

O projeto "Capacitação científica, tecnológica e em infraestrutura em radiofármacos, radiações e empreendedorismo a serviço da saúde", coordenado pelo professor Marcelo Linardi, oferece uma Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP. O prazo de inscrição se encerra no dia 10 de junho de 2019.

O projeto reúne equipe multidisciplinar, que envolve cientistas de diversos centros do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen), no desenvolvimento de biomateriais de baixo custo e nanomateriais metálicos, protéicos ou híbridos, bem como radiofármacos inovadores para aplicações na área da saúde.

O bolsista conduzirá pesquisa teórica e/ou empírica, além de outras atividades regulares, como apresentação de seminários, elaboração de artigos científicos e disseminação dos resultados da pesquisa.

É necessário que o candidato tenha doutorado em engenharia biomédica, bioengenharia ou áreas afins, além de conhecimentos em: síntese e caracterização de materiais nanoestruturados; ciência e tecnologia das radiações; modelos in vitro e in vivo (com experiência em cultivo celular e manuseio de animais de laboratório) para aplicação de nanomateriais; ensaios biológicos e bioquímicos para estudos referentes à aplicação de nanomateriais em sistemas biológicos.

É recomendável que o candidato tenha forte histórico de publicação na área de nanomateriais metálicos e proteicos e suas aplicações biomédicas.

Os interessados podem se inscrever enviando currículo Lattes, MyCitation (Google Scholar), carta de interesse e carta de recomendação de um orientador ou supervisor anterior via e-mail para egp01@ipen.br, com o título “Bolsa - PDIP - Nanomateriais e Radiofármacos”.

Mais informações sobre a vaga em: www.fapesp.br/oportunidades/2897.

A oportunidade de pós-doutorado está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 7.373,10 mensais e Reserva Técnica equivalente a 15% do valor anual da bolsa para atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista de PD resida em domicílio fora da cidade na qual se localiza a instituição-sede da pesquisa e precise se mudar, poderá ter direito a um auxílio-instalação. Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em www.fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em www.fapesp.br/oportunidades.