Notícia

Esteta

Pós-Doutorado em Música com Bolsa da FAPESP

Publicado em 08 fevereiro 2017

O Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) oferece quatro oportunidades de Pós-Doutorado na área de Etnomusicologia/Antropologia Musical com Bolsa da FAPESP. O prazo de inscrição encerra em 20 de fevereiro.

As bolsas estão vinculadas ao Projeto Temático "O musicar local - novas trilhas para a etnomusicologia".

Duas das bolsas serão orientadas por Suzel Ana Reily, pesquisadora responsável pelo Temático, e estarão sediadas no Instituto de Artes da Unicamp. As outras duas bolsas serão orientadas por Rose Satiko Hikiji, uma dentre os pesquisadores principais do projeto, e estarão sediadas no Departamento de Antropologia da Universidade de São Paulo (USP).

O Projeto Temático visa investigar como o musicar constrói a localidade e como é construído por ela. Busca documentar como o engajamento musical se articula com as interações sociais que ocorrem durante o musicar, sejam os participantes amadores ou profissionais. O projeto, portanto, volta-se para a investigação da relação entre música e localidade a partir das práticas das pessoas envolvidas no musicar.

O projeto está estruturado nos seguintes eixos:O musicar e a produção da localidade; Localidades, encontros e conexões no musicar local; Aprendizagem, transmissão e preparação; e Tecnologias do musicar local.

Os temas específicos abordados por cada bolsista serão definidos pelos candidatos, de acordo com as suas bagagens acadêmicas anteriores e interesses pessoais.

As investigações conduzidas pelos bolsistas serão norteadas pelas questões-chave:

  • Qual é a natureza do musicar no contexto local? O que isto nos diz sobre a produção da localidade e o modo como localidades produzidas são vividas pelas pessoas envolvidas no musicar local?
  • O que contribui para o estabelecimento de engajamento musical e de sentimentos de compromisso com a produção da música em nível local?
  • Como os grupos musicais locais operam enquanto “mundos artísticos” e/ou “comunidades de prática”? Como suas estruturas organizacionais afetam as formas do musicar na localidade, tanto no domínio amador quanto profissional?
  • De que maneira pessoas, coisas, tecnologias, instituições interagem nas práticas do musicar? Qual a relação destes “agentes” com a localidade, seja ela física ou imaginária?

Os candidatos deverão enviar certificado de conclusão do doutorado, Currículo Lattes atualizado (lattes.cnpq.br) – estrangeiros podem enviar um CV atualizado, destacando sua formação acadêmica, publicações científicas, experiências de ensino e supervisão para alunos de graduação e pós-graduação; Súmula Curricular FAPESP; projeto de pesquisa seguindo o “Roteiro para formatação do Projeto de Pesquisa” sugerido no site da FAPESP; e nomes e endereços de contato de pelo menos dois pesquisadores que podem ser contatados para o envio de cartas de referência para Suzel Ana Reily no endereço s.reily@iar.unicamp.br.

A oportunidade está publicada em www.fapesp.br/oportunidades/1391.

Os selecionados receberão bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 6.819,30 mensais e Reserva Técnica. A Reserva Técnica da bolsa de PD equivale a 15% do valor anual da bolsa e tem o objetivo de atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso os bolsistas residam em domicílio diferente e precisem se mudar para a cidade onde se localiza a instituição-sede da pesquisa, poderão ter direito a um Auxílio-Instalação.

Mais informações sobre a bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de bolsas de Pós-Doutorado, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades.

Agência FAPESP