Notícia

Revista Amazônia

Pós-doutorado em Micropaleontologia na USP com Bolsa da FAPESP

Publicado em 18 setembro 2017

O Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG) da Universidade de São Paulo (USP) oferece uma oportunidade de Pós-Doutorado em Micropaleontologia com Bolsa da FAPESP. O prazo de inscrição termina no dia 25 de setembro de 2017.

A Bolsa está vinculada ao Projeto Temático “O Sistema Terra e a Evolução da Vida durante o Neoproterozoico”, que tem como pesquisador responsável Ricardo Trindade.

O bolsista selecionado examinará a micropaleontologia das sucessões neoproterozoicas no Brasil central e ocidental e no norte e sul da Namíbia como parte do projeto internacional GRIND para perfuração profunda do Neoproterozoico. Essas áreas foram escolhidas por causa de seu potencial bem estabelecido para estudos paleoambientais e registros fósseis ricos associados, compreendendo o intervalo criogênico até o início do Cambriano.

Os candidatos devem ter um excelente conhecimento em microfósseis neoproterozoicos. O Neoproterozoico tardio é marcado por duas épocas glaciais extremas entre 720 e 635 Ma. Essas glaciações são caracterizadas por sedimentos marinhos de baixa latitude e influência glacial e delimitadas por grandes excursões negativas na composição de isótopos de carbono da água do mar. Pelo menos uma dessas glaciações também está associada a um reaparecimento de formações de fiação em faixas (BIF), que podem testemunhar a anoxia temporária do oceano profundo. Embora as sucessões neoproterozoicas tenham sido estudadas em todo o mundo, apenas as do sul da China e, mais recentemente, no sul da Namíbia, foram integradas para combinar sedimentologia detalhada, geocronologia precisa, projeções biogeoquímicas e redox de alta resolução e paleontologia.

Os interessados devem enviar curriculum vitae, uma declaração de pesquisa (incluindo trabalhos anteriores e planos futuros), com um máximo de cinco páginas, e duas cartas de recomendação para a pesquisadora Juliana Moraes Leme (jleme.usp@gmail.com).

A vaga está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 7.174,80 mensais e Reserva Técnica. A Reserva Técnica de Bolsa de PD equivale a 15% do valor anual da bolsa e tem o objetivo de atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista de PD resida em domicílio diferente e precise se mudar para a cidade onde se localiza a instituição-sede da pesquisa, poderá ter direito a um Auxílio-Instalação. Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em fapesp.br/oportunidades.

Agência FAPESP