Notícia

RedeNotícia

Pós-doutorado em Imunologia na USP com Bolsa da FAPESP

Publicado em 10 junho 2015

Agência FAPESP – O projeto temático Imunoterapia na asma experimental por agonistas de receptores toll-like, infecção ou tolerância, apoiado pela FAPESP, dispõe de uma oportunidade de pós-doutorado em Imunologia. A pesquisa se desenvolve no Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) da Universidade de São Paulo (USP).

De acordo com Momtchilo Russo, pesquisador responsável pelo projeto temático, a prevalência e severidade das alergias e, em particular, da asma estão aumentando no mundo todo.

A asma é considerada uma síndrome inflamatória pulmonar crônica que em sua forma clássica está associada com o descontrole das atividades de células T helper 2 (Th2).

Modelos murinos têm sido desenvolvidos para estudar os mecanismos da asma, sendo a ovoalbumina (OVA) o alérgeno mais utilizado. Entretanto, segundo Russo, a OVA é um alérgeno alimentar e não respiratório. Por isso, modelos experimentais de alergias pulmonares foram adaptados para alérgenos respiratórios como os derivados de ácaros encontrados na poeira doméstica.

No Brasil, um dos ácaros mais prevalentes é o Blomia tropicalis (Bt). Recentemente, informa Russo, o grupo de pesquisa desenvolveu um modelo de asma alérgica utilizando extratos de Bt. Em trabalhos anteriores com o modelo OVA, o grupo mostrou que a ativação do sistema imune por agonistas de receptores Toll-like (TLRs) é um mecanismo imunológico potente para atenuar as reações alérgicas.

Baseada nesses trabalhos e em dados recentes, a equipe trabalha com a hipótese de que agonistas de TLRs poderiam atenuar as respostas alérgicas inibindo direta ou indiretamente as atividades das células Th2.

O projeto pretende delinear aplicações profiláticas e sobretudo terapêuticas de agonistas TLRs na inibição da asma utilizando a OVA ou o extrato de Bt.

A data-limite para inscrição é 20 de junho de 2015.

Mais informações com o coordenador do projeto, Momtchilo Russo (momtchilo@gmail.com)

A oportunidade de bolsa está publicada em fapesp.br/oportunidades/835.

O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 6.143,30 mensais e Reserva Técnica. A Reserva Técnica de Bolsa de PD equivale a 15% do valor anual da bolsa e tem o objetivo de atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista de PD resida em domicílio diferente e precise se mudar para a cidade onde se localiza a instituição sede da pesquisa, poderá ter direito a um Auxílio-Instalação.

Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado de FAPESP estão disponíveis em www.fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de Bolsas de Pós-Doutorado, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades.