Notícia

Agrosoft

Pós-doutorado em geoquímica de isótopos estáveis na USP Leste

Publicado em 21 abril 2020

Agência FAPESP – O projeto “Perspectivas pretéritas sobre limiares críticos do sistema climático: a Floresta Amazônica e a célula de revolvimento meridional do Atlântico (PPTEAM)”, vinculado ao Programa de Pesquisa sobre Mudanças Climáticas Globais da FAPESP, dispõe de uma Bolsa FAPESP de Pós-Doutorado em geoquímica de isótopos estáveis.

O prazo de inscrição vai até 30 de abril.

O projeto é desenvolvido na Escola de Artes, Ciências e Humanidades da Universidade de São Paulo (USP). A pesquisa tem como objetivo determinar a resposta da porção tropical oeste do Atlântico profundo às interrupções/marcantes e enfraquecimentos da célula de revolvimento meridional do Atlântico durante os dois últimos períodos glaciais.

O pós-doutorando analisará preferencialmente os seguintes indicadores em sedimentos marinhos: composição dos isótopos estáveis de carbono e oxigênio em foraminíferos bentônicos; composição isotópica do neodímio na fração autigênica; e idade radiocarbono de foraminíferos bentônicos e planctônicos.

O candidato deve ter experiência em geoquímica de isótopos estáveis aplicada a foraminíferos e experiência de pelo menos um ano na operação de um espectrômetro de massas de razão isotópica MAT253 acoplado a uma unidade de preparação de carbonatos KielIV.

Os interessados devem enviar e-mail para o coordenador do projeto, o professor Cristiano Mazur Chiessi (chiessi@usp.br), com o título “Candidate for postdoctoral fellowship in Stable Isotope Geochemistry”. Junto ao e-mail deverão ser anexados carta de interesse em inglês, curriculum vitae com lista de publicações e uma carta de recomendação.

Mais informações sobre a vaga em: www.fapesp.br/oportunidades/3556.

A oportunidade de pós-doutorado está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 7.373,10 mensais e Reserva Técnica equivalente a 15% do valor anual da bolsa para atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista de PD resida em domicílio fora da cidade na qual se localiza a instituição-sede da pesquisa e precise se mudar, poderá ter direito a um auxílio-instalação. Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em www.fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em www.fapesp.br/oportunidades.

Fonte: Fapesp