Notícia

Portal Inovação MCT

Pós-doutorado em fisiologia com Bolsa da FAPESP

Publicado em 16 março 2012

O Laboratório de Fisiologia do Departamento de Fisiologia e Patologia da Faculdade de Odontologia de Araraquara da Universidade Estadual Paulista (Unesp) tem uma vaga em aberto para Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP na área de Fisiologia Cardiovascular e Respiratória.

A bolsa está vinculada ao Projeto Temático "Mecanismos neurais envolvidos na quimiorrecepção", coordenado pelo professor Eduardo Colombari.

De acordo com Colombari, na literatura há uma série de patologias que afetam o sistema respiratório. Uma importante patologia é a Síndrome da Hipoventilação Congênita Central (SHCC). Pacientes com SHCC possuem uma respiração relativamente normal quando estão acordados e sofrem parada respiratória quando dormem.

A SHCC é causada por uma mutação no fator de transcrição Phox2b. Modelos experimentais de animais com mutação no fator de transcrição Phox2b produzem uma deficiência na sensibilidade ao CO2 e irregularidades respiratórias. Essa mutação resulta na perda de um pequeno grupamente neuronal que expressa o fator de transcrição Phox2b na região do núcleo retrotrapezóide (NRT).

Os neurônios Phox2b do NRT têm propriedades que os caracterizam como quimiorreceptores centrais. Conseguem detectar variações na concentração do CO2 cerebral, recebem informações dos quimiorreceptores periféricos e de receptores pulmonares, recebem influências de áreas encefálicas anteriores envolvidas no controle de temperatura, emoções e exercício e são células excitatórias.

"Até o momento não se sabe realmente o verdadeiro papel fisiológico do NRT, em especial os neurônios Phox2b, no controle da respiração em animais não anestesiados. Portanto, no presente Projeto Temático avaliaremos a participação do NRT nas respostas ventilatórias e cardiovasculares a hipercapnia de ratos não anestesiados após lesões seletivas (toxina saporina conjugada com a substância P (SSP-SAP) dos neurônios que expressam o fator de transcrição Phox2b do NRT", disse Colombari.

Para isso, os pesquisadores empregarão dois modelos experimentais. Primeiramente, serão realizados experimentos em animais inteiros e não anestesiados. O outro modelo experimental utilizado será a preparação in situ.

Essa preparação permite o registro de diversas variáveis autonômicas e respiratórias em animais não anestesiados. O candidato a ser selecionado deverá ter sólida formação em eletrofisiologia, com experiência demonstrada em registro de nervos e de neurônios (patch-clamp) em fatias cerebrais e em preparações in situ.

Experiência consolidada na análise e processamento de sinais biológicos em softwares de uso rotineiro em laboratórios de eletrofisiologia é condição indispensável para os candidatos a essa bolsa de pós-doutoramento.

A bolsa tem duração de até 24 meses, com possibilidade de renovação por mais dois períodos de 12 meses, dependente de análise de mérito pela FAPESP.

É desejável fluência em inglês. Os profissionais interessados que preencham os requisitos deverão enviar para o coordenador do projeto (eduardo.colombari@foar.unesp.br) até o dia 30 de junho de 2012, as seguintes informações: a) carta manifestando as suas motivações e experiência profissional; b) os nomes de pelo menos dois pesquisadores ativos no campo da fisiologia renal, como referências; e c) curriculum vitae atualizado.

A vaga está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP (no valor de R$ 5.333,40 mensais) e Reserva Técnica. A Reserva Técnica de Bolsa de PD equivale a 15% do valor anual da bolsa e tem o objetivo de atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

O bolsista de PD, caso resida em domicílio diferente e precise se mudar para a cidade onde se localiza a instituição sede da pesquisa, poderá ter direito a um Auxílio Instalação. Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em www.fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de Bolsas de Pós-Doutorado, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em www.fapesp.br/oportunidades.