Notícia

Protec - Pró-Inovação Tecnológica

Pós-Doutorado em Farmacologia com Bolsa da FAPESP

Publicado em 15 fevereiro 2017

O Laboratório de Fitomedicamentos, Farmacologia e Biotecnologia (FitoFarmaTec) do Instituto de Biociências da Universidade Estadual Paulista (Unesp) oferece uma oportunidade de Pós-Doutorado em Farmacologia da Doença Inflamatória Intestinal com Bolsa da FAPESP. O prazo de inscrição encerra em 27 de fevereiro.

A bolsa está vinculada ao Projeto Temático “Doença inflamatória intestinal (DII): novas abordagens de diagnóstico e modulação da microbiota intestinal em pacientes com retocolite ulcerativa”, que tem Luiz Claudio Di Stasi como pesquisador responsável.

O objetivo é explorar o papel de microRNAs em pacientes com retocolite ulcerativa e doença de Crohn, visando identificar microRNAs específicos úteis para o diagnóstico diferencial dessas doenças, assim como determinar o perfil de microRNAs em dois modelos experimentais de inflamação intestinal (DSS e TNBS).

Os candidatos devem ter o título de Doutor em Farmacologia ou área correlata, conhecimento geral e experiência comprovada com modelos experimentais de inflamação intestinal e estudos de expressão gênica, assim como disponibilidade para participar de uma pesquisa integrada entre Farmacologia Básica e Clínica, incluindo contato pessoal com pacientes. É necessário, ainda, experiência comprovada em análise de perfil de citocinas e manipulação animal.

Os interessados devem enviar, em formato pdf, carta de apresentação (máximo de uma página A4, Times New Roman 12), incluindo resumo da tese de doutorado e explicitando o interesse na bolsa, e curriculum vitae para o endereço distasi@ibb.unesp.br.

A oportunidade está publicada em www.fapesp.br/oportunidades/1416.

O selecionado receberá bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 6.819,30 mensais e Reserva Técnica. A Reserva Técnica da bolsa de PD equivale a 15% do valor anual da bolsa e tem o objetivo de atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista resida em domicílio diferente e precise se mudar para a cidade onde se localiza a instituição-sede da pesquisa, poderá ter direito a um Auxílio-Instalação.

Mais informações sobre a bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em fapesp.br/bolsas/pd.

(Fonte: Agência Fapesp – 15/02/2017)