Notícia

Esteta

Pós-doutorado em Eletrofisiologia com Bolsa da FAPESP

Publicado em 30 novembro 2016

O Projeto Temático "Desenvolvimento de Métodos de Avaliação Visual: Aplicações Clínicas e em Modelos Animais" oferece oportunidade de pós-doutoramento no Instituto de Psicologia da USP, com Bolsa da FAPESP.

“O objetivo do projeto é o desenvolvimento de protocolos e/ou novas metodologias para pesquisa em doenças que afetam o sistema visual humano e a investigação em modelos animais de mecanismos visuais básicos e de suas alterações em doenças que afetam o sistema visual”, explica a professora Dora Ventura, coordenadora do projeto.

O bolsista de pós-doutoramento irá se dedicar ao tema “Caracterização eletrofisiológica, morfológica e imuno-histoquímica do modelo experimental de uveíte autoimune experimental (UAE)”. A bolsa terá vigência de 24 meses.

O candidado deverá ter graduação em Psicologia, Biologia ou equivalente e doutorado em Neurociência ou equivalente. “Procuramos um candidato com experiência em eletrofisiologia visual em modelos animais, métodos morfológicos de estudo da retina e métodos estatísticos de análise de dados”, disse Ventura.

O bolsista realizará todos os estágios do projeto, desde a aquisição dos animais de pesquisa e os cuidados com os mesmos, até os procedimentos experimentais de eletrofisiologia e morfologia e a análise de dados. Quando necessário o candidato será também responsável por treinar estudantes nos níveis de graduação ou pós-graduação. Também será estimulado a oferecer ou participar na ministração de disciplinas de pós-graduação.

Os interessados devem enviar currículo para Dora Ventura (dventura@usp.br), até 9 de dezembro de 2016.

Mais informações sobre a oportunidade: fapesp.br/oportunidades/1342.

A vaga está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 6.819,30 mensais e Reserva Técnica. A Reserva Técnica de Bolsa de PD equivale a 15% do valor anual da bolsa e tem o objetivo de atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista de PD resida em domicílio diferente e precise se mudar para a cidade onde se localiza a instituição-sede da pesquisa, poderá ter direito a um Auxílio-Instalação. Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em fapesp.br/oportunidades.

Agência FAPESP