Notícia

LabNetwork

Pós-doutorado em edição gênica no Hemocentro da Unicamp

Publicado em 10 agosto 2021

Vaga é para projeto que investiga os mecanismos associados às doenças dos glóbulos vermelhos do sangue, como anemia falciforme. A proposta é implantar novas abordagens terapêuticas

O Projeto Temático “Mecanismos fisiopatológicos e tratamento das anormalidades das células vermelhas do sangue” oferece uma oportunidade de pós-doutorado com bolsa da Fapesp. O prazo de inscrição vai até 27 de agosto de 2021.

O bolsista vai trabalhar no Laboratório de Hemoglobina e Genoma do Centro de Hematologia e Hemoterapia (Hemocentro) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), sob a supervisão do professor Fernando Ferreira Costa.

A proposta do projeto é expandir e implantar novas abordagens terapêuticas nas doenças dos glóbulos vermelhos, elucidar mecanismos dessas doenças com importância potencial para seu tratamento e dar continuidade às análises estruturais e funcionais das hemoglobinas variantes.

Os pré-requisitos são doutorado concluído nos últimos cinco anos em fisiopatologia médica, bioquímica, biologia molecular, genética, biologia celular ou área similar e habilidades comprovadas em técnicas de biologia molecular como manipulação gênica, CRISPR/Cas9, sequenciamento, análise de expressão gênica, cultura de células, separação celular por citometria de fluxo e manipulação de animais.

São desejáveis conhecimento de microscopia confocal e estatística e disponibilidade para estágio de pesquisa no exterior.

Os interessados devem enviar um e-mail para posdoutorado.hemocentro@gmail.com, especificando no título a “Bolsa de PD Edição Genômica” e anexando carta de interesse, currículo em PDF com lista de publicações e experiências, e-mail e telefone de dois profissionais que possam fornecer cartas de recomendação.

Mais informações sobre a vaga aqui.

A oportunidade de pós-doutorado está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da Fapesp no valor de R$ 7.373,10 mensais e Reserva Técnica equivalente a 10% do valor anual da bolsa para atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista de PD resida em domicílio fora da cidade na qual se localiza a instituição-sede da pesquisa e precise se mudar, poderá ter direito a um auxílio-instalação. Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da Fapesp estão disponíveis aqui.

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
Gazeta da Semana Quimiweb