Notícia

Portal Gazeta de São Carlos

Pós-doutorado em Criptografia e Segurança da Informação com Bolsa da FAPESP

Publicado em 22 setembro 2017

Bolsista desenvolverá e analisará sistemas criptográficos pós-quânticos seguros e amigáveis a hardware na Poli-USP. Interessados devem se inscrever até 30 de setembro (imagem: Wikimedia Commons)

Uma vaga de pós-doutorado está disponível na Escola Politécnica da USP, direcionada para o projeto “Criptografia pós-quântica eficiente para construção de aplicações de segurança avançadas”. A pesquisa é desenvolvida no âmbito do Programa Pesquisa em Parceria para Inovação Tecnológica (PITE) da FAPESP.

O projeto visa a especificar, desenvolver e analisar sistemas criptográficos pós-quânticos seguros e amigáveis a hardware. Criptossistemas pós-quânticos envolvem basicamente as famílias de algoritmos baseados em reticulados (lattices), códigos corretores de erros, sistemas multivariados quadráticos (MQ) e esquemas baseados em primitivas criptográficas simétricas em geral, bem como em funções de hash.

O objetivo do projeto é fornecer uma variedade de serviços de segurança, incluindo cifração, autenticação e assinaturas digitais, com foco em melhorias de desempenho – possivelmente em termos de tempo de processamento e uso de energia, mas especialmente em termos de tamanhos de chaves, assinaturas e textos cifrados.

São exigidos para a vaga: 1) Sólida formação em criptografia, de preferência (mas não necessariamente) com primitivas pós-quânticas; 2) Boas habilidades de projeto/programação, de preferência (mas não necessariamente) em linguagens de programação como C e/ou linguagens de descrição de hardware como VHDL.

As inscrições devem ser feitas por e-mail, para o endereço do professor coordenador do projeto, Marcos Antonio Simplicio Junior( mjunior@larc.usp.br).

Mais informações sobre a vaga disponíveis em fapesp.br/oportunidades/1727

A vaga está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 7.174,80 mensais e Reserva Técnica. A Reserva Técnica de Bolsa de PD equivale a 15% do valor anual da bolsa e tem o objetivo de atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista de PD resida em domicílio diferente e precise se mudar para a cidade onde se localiza a instituição-sede da pesquisa, poderá ter direito a um Auxílio-Instalação. Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em fapesp.br/oportunidades.

Por Agência FAPESP