Notícia

Quimiweb

Pós-doutorado em biotecnologia molecular na USP

Publicado em 05 outubro 2021

Por Agência FAPESP

O Projeto Temático “Estudos estruturais e funcionais de enzimas que participam na síntese e degradação de carboidratos complexos” abriu uma vaga de pós-doutorado com bolsa da FAPESP. As inscrições terminam no sábado (09/10).

A pesquisa é conduzida pelo Grupo de Biotecnologia Molecular do Instituto de Física de São Carlos da Universidade de São Paulo (IFSC-USP) e envolve estudos das enzimas que participam da degradação de polissacarídeos de biomassa lignocelulósica, sob supervisão do professor Igor Polikarpov.

O objetivo é desvendar mecanismos moleculares relacionados à despolimerização enzimática de parede celular de plantas, com ênfase especial nos estudos das mono-oxigenases líticas de polissacarídeos (LPMOs).

Os candidatos devem ter experiência sólida em estudos envolvendo biologia molecular, expressão, purificação e caracterização bioquímica e biofísica de enzimas ativas na degradação de carboidratos complexos. Experiência em produção heteróloga de enzimas usando fermentação é desejável.

Interessados devem enviar currículo com referências para o professor Polikarpov pelo e-mail [email protected].

Mais informações sobre a vaga em: www.fapesp.br/oportunidades/4510.

A oportunidade de pós-doutorado está aberta a brasileiros e estrangeiros. O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 7.373,10 mensais e Reserva Técnica equivalente a 10% do valor anual da bolsa para atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista de PD resida em domicílio fora da cidade na qual se localiza a instituição-sede da pesquisa e precise se mudar, poderá ter direito a um auxílio-instalação. Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em www.fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de bolsas, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades, em www.fapesp.br/oportunidades.

Republicar

Fonte: Agência FAPESP

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
LabNetwork