Notícia

Jornal Brasil

Pós-Doutorado em Bioquímica na USP com bolsa da FAPESP

Publicado em 03 setembro 2015

O Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo (USP) oferece uma oportunidade de Bolsa de Pós-Doutorado em Bioquímica. As inscrições encerram em 12 de setembro.

O bolsista desenvolverá pesquisa no âmbito do Projeto Temático "Genômica Funcional do Plasmodium” , apoiado pela FAPESP.

O bolsista atuará no Laboratório de Biologia Celular e Molecular de Plasmodium, que tem como foco desvendar mecanismos utilizados por parasitas de malária para transdução de sinais químicos no controle de seu ciclo celular.

O laboratório desenvolveu várias ferramentas para o estudo de dinâmica de cálcio em parasitas de malária, dentre elas, o primeiro transgênico GCaMP3 para medir sinalização de cálcio em tempo real em Plasmodium falciparum sem utilização de métodos invasivos.

O grupo de pesquisa utiliza parasitas nocautes para quinases e GPCR no estudo de função de proteínas de Plasmodium. Outra linha de pesquisa em andamento inclui triagem de compostos para busca de novos fármacos no tratamento da malária.

A oportunidade está publicada em www.fapesp.br/oportunidades/875.

Os candidatos devem enviar curriculum vitae e carta de recomendação para a pesquisadora principal do projeto, Célia Regina da Silva Garcia, no endereço cgarcia@usp.br .

O selecionado receberá Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP no valor de R$ 6.143,40 mensais e Reserva Técnica. A Reserva Técnica de Bolsa de PD equivale a 15% do valor anual da bolsa e tem o objetivo de atender a despesas imprevistas e diretamente relacionadas à atividade de pesquisa.

Caso o bolsista de PD resida em domicílio diferente e precise se mudar para a cidade onde se localiza a instituição sede da pesquisa, poderá ter direito a um Auxílio-Instalação.

Mais informações sobre a Bolsa de Pós-Doutorado da FAPESP estão disponíveis em www.fapesp.br/bolsas/pd.

Outras vagas de Bolsas de Pós-Doutorado, em diversas áreas do conhecimento, estão no site FAPESP-Oportunidades.

Fonte Agência FAPESP